Logo ASP

Esporte e Lazer



Mulheres ganham destaque no futevôlei

Carlos Grevi
As regras do jogo são similares às do vôlei, mas usando pés, pernas e cabeçaAs regras do jogo são similares às do vôlei, mas usando pés, pernas e cabeça

As regras do jogo são similares às do vôlei, mas usando pés, pernas e cabeça

Originado nas praias do Rio de Janeiro, em 1960, o futevôlei se espalhou pelo Brasil e já atravessou o mundo, e a modalidade vem crescendo a cada bola jogada para o alto, principalmente entre as mulheres, mas o preconceito entre elas e os homens nessa modalidade ainda existe.


A cabeleireira Sheila Barcelos pratica futevôlei há quase um ano e viu no esporte uma forma de sair da rotina, além de reunir a família – os dois filhos e o marido jogam, e também de criar uma verdadeira paixão, pois começou do zero na modalidade. Mas, para ela, ainda existe certa resistência na hora de formar as duplas mistas na modalidade.


“Mesmo a gente sabendo jogar, eles acham que a gente vai atrapalhar. Não sabendo eles, que tem muitas mulheres que jogam melhor que os homens. Porque não tem rivalidade, é uma parceria, ele depende de mim e eu dependo dele. Eu não entro na quadra para jogar sozinha e nem ele, e assim vai quebrando o gelo e a desigualdade vai acabando. Se eles são capazes de entrar em uma quadra e jogar, a gente também pode”, explicou.


A professora de Educação Física, Vânia Cruz, da Fundação Municipal de Esportes (FME), em Campos dos Goytacazes, observou uma forte explosão nos últimos anos pela procura da prática do futevôlei, principalmente nas praias e nas grandes cidades, que vem ganhando essa força e, claro, entre o feminino. Mas, para ela, o esporte ainda precisa de mais valorização, além de não ser um esporte olímpico e tão pouco ensinado na faculdade de Educação Física.


“Hoje, o crescimento do feminino, do misto, é bastante considerável. Sempre existiu um preconceito muito grande. Eu jogo já tem 15 anos e passei momentos bem difíceis, onde eu queria jogar e era a única menina da quadra. Hoje, isso vem diminuindo, e os homens e os meninos vêm entendendo que é um esporte totalmente democrático e vem melhorando essa questão, embora ainda exista o preconceito”, disse a professora.


A estudante, Myllena Rangel, começou a gostar do futevôlei, apenas com o olhar. No início, ela observou o irmão praticar na pracinha do bairro IPS e o pediu para jogar, só que ele tinha certo receio em deixá-la jogar no meio dos meninos.


“Teve um dia que ele falou com o treinador para que eu pudesse treinar para ver se ia dar certo e foi daí que eu conheci o futevôlei, e não parei mais. Hoje, eu vejo muitas meninas que nem imaginaria que jogasse e arrebentam nesse esporte. Nós também incentivamos umas as outras, quando elas estão para baixo”, falou.


O futevôlei segue crescendo cada vez mais e muitos craques serão revelados, mas ele, definitivamente deixou de ser do clube do bolinha.


Sobre o esporte:


Feminino x Masculino


A diferença de gênero mais conhecida no esporte é com relação ao uso do peito, que é mais comum para homens do que para mulheres. Mas assim como no futebol, o futevôlei não é diferente no que diz respeito ao preconceito com jogadoras do sexo feminino.


Regras


As regras do jogo são similares às do vôlei, mas usando pés, pernas e cabeça; como no futebol, vale tudo menos os braços, antebraços e as mãos. É um esporte com bola, numa quadra de vôlei de praia, com as medidas de 9 m de largura e 18 m de comprimento, dividida ao meio por uma rede com 2,20 m de altura.


A competição é composta por dois (2×2), três (3×3) ou quatro (4×4) jogadores de cada lado da quadra, mas oficialmente mesmo, só existe a primeira opção. Como no vôlei, é permitido um máximo de três toques na bola, podendo passar para o outro lado do campo, por cima da rede, de primeira, ou de segunda.


O jogo é disputado em sets (de 18 pontos, sem vantagem). Os fundamentos são basicamente saque, recepção, passe, ataque e defesa. Mas, diferentemente do vôlei, só se usa pé, coxa, peito, cabeça e ombro. Nada de mãos e braços!

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
https://www.jornalterceiravia.com.br

Mais Notícias

Quem vai brigar pelo título do Brasileirão 2020?

Covid-19: Fórmula 1 cancela GP Brasil este ano em Interlagos

TITE CONVOCA 3 JOGADORES DO FLAMENGO PARA SELEÇÃO. NOVIDADE É EVERTON RIBEIRO

Flamengo X River Plate no Kinoplex

Tite convoca apenas estrangeiros para próximos amistosos da Seleção

Com vaga na final da Libertadores, Flamengo segue em busca de feito único do Santos de Pelé

Campos Vôlei encara Flamengo nesta sexta no IFF

Tite inclui Gabigol entre os convocados para...

Brasil tem chances de novas medalhas no Mundial de Natação Paralímpica

Mundial de basquete: quem vai à Olimpíada e quem joga os pré-olímpicos

Ações da Juventus sobem 5,4% após rumores sobre Neymar

Com Bruno Henrique e goleiro da Ponte Preta, Tite convoca seleção para amistosos

Flamengo e Filipe Luís têm último encontro sem acordo e jogador aguarda diretoria

Filho de Schumacher vai pilotar Ferrari do sétimo título do pai na Fórmula 1

CBF é multada por gritos homofóbicos da torcida na estreia do Brasil na Copa América

Relatório médico de mulher que denunciou Neymar cita hematomas, edemas e quadro de ansiedade

Luana comemora convocação para a Copa do Mundo na França

Neymar perde faixa de capitão da seleção brasileira para Daniel Alves

AR tem pane elétrica e para de funcionar na final do Carioca

Witzel anuncia que Flamengo e Fluminense vão gerir o Maracanã provisoriamente

Com febre, Pelé é internado em hospital em Paris para realizar exames

Paraesporte de Campos conquista medalha de bronze no vôlei de praia em Abu Dhabi

Brasil quer sediar Copa do Mundo de futebol feminino em 2023

CBF anuncia patrocínio com a Fiat por quatro anos em todas as camisas das seleções

Ex-presidente do Vasco Eurico Miranda morre aos 74 anos no Rio

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas