Logo ASP

Notícias



PF desarticula organização criminosa que fraudava INSS em Campos

Divulgação
Materiais encontrados durante a operação

Materiais encontrados durante a operação

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta segunda-feira (28), 10 mandados de busca e apreensão e nove mandados de condução coercitiva no distrito de Santa Maria, em Campos. A ação desarticulou uma associação criminosa especializada em fraudes a benefícios assistenciais ao idoso (LOAS).


As investigações apontam que a associação criminosa, formada por três irmãos de origem cigana, fraudou centenas de benefícios de prestação continuada, utilizando documentos fraudulentos em nome de pessoas fictícias, causando prejuízo de cerca de R$ 13 milhões à Previdência Social.


Parte do dinheiro obtido com as fraudes foi localizado em contas de “laranjas”, resultando no bloqueio judicial de cerca de R$ 6,6 milhões pertencentes à quadrilha.


A Operação desta segunda-feira foi um desdobramento da Operação Registru, deflagrada no ano de 2016, que apurou a venda de centenas de certidões fraudulentas, pelos antigos responsáveis pelos cartórios de Travessão e Vila Nova, a grupos de ciganos, bem como a utilização de tais documentos junto ao INSS para obtenção de benefícios assistenciais ao idoso.


De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vinícius Venturini, os suspeitos responderão pelos crimes de estelionato previdenciário e lavagem de dinheiro.

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
http://www.jornalterceiravia.com.br/2017/08/28/pf-prende-irmaos-ciganos-por-fraudes-a-beneficios-do-inss-em-santa-maria-de-campos/

Mais Notícias

ÁGUA NATURAL E ÁGUA ADICIONADA DE SAIS SERÃO DIFERENCIADAS PELA COR DA EMBALAGEM

TRF2 aceita pedido de prisão de Jorge Picciani e mais dois deputados da Alerj

Estado do Rio paga salários de setembro para servidores que ganham até R$ 2.826 na sexta-feira

Fetranspor movimentou quase R$ 350 milhões em propinas, diz MPF

Servidores federais: segunda parcela do 13º salário será paga no início de dezembro

Mulher relata coação no corredor do Fórum

Rafael Diniz decreta corte no próprio salário, no da vice-prefeita e dos DAS

Cultura em movimento contra manifestação de racismo por alunos do IFF

Governo publica confirmação de empréstimo, e salários atrasados devem sair até...

Juiz nega embargos e revisa pena de ex-secretária e ex-coordenadora do Cheque Cidadão

Ministro da Justiça diz que comandantes de batalhões da PM são sócios do crime organizado no RJ

Gilmar Mendes suspende transferência de Cabral para presídio federal

Polícia desarticula grupo que visava fraudar o Enem e lucrava com fraudes

DIA ESTADUAL DO NANISMO É CELEBRADO NA ALERJ

Ciberataque na Europa atinge sistema de aeroporto e metrô

Feira Internacional de Artesanato Fiarte estará no Shopping Boulevard

STF concede liminar para suspender portaria sobre trabalho escravo

Pezão decreta ponto facultativo no dia 3 de novembro para os servidores estaduais

Prefeitas com Pezão por ponte

AGORA É LEI: ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DEVERÁ FICAR EM LOCAL VISÍVEL NAS ESCOLAS

Neymar viaja com Dani Alves e mulher dele para premiação de melhor do mundo da FIFA

STJ autoriza e casal Garotinho responderá por desvio de R$ 58 milhões

União terá de pagar R$ 20 mil por dano moral ao não convocar aprovado em concurso

ALERJ APROVA MUDANÇAS EM CARTÓRIOS NO ESTADO

Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas