Logo ASP

Notícias



Vereadora de Niterói, amiga de Marielle denuncia ameaças

Reprodução Facebook/Talíria Petrone
Sede do Psol em Niterói foi invadida por um homem armado, que ameaçava a vereadora

Sede do Psol em Niterói foi invadida por um homem armado, que ameaçava a vereadora

Parlamentar mais votada de Niterói, na Grande Rio, única mulher na Câmara Municipal, negra e feminista, Talíria Petrone era amiga da vereadora Marielle Franco (Psol). Diferente da colega assassinada na última quarta-feira, Talíria já recebeu várias ameaças de morte por telefone e pelas redes sociais. 


Uma queixa foi feita pela parlamentar em novembro, na 76ª Delegacia de Polícia (Icaraí). O caso, porém, não teve desdobramentos. O Psol avalia oferecer segurança à vereadora. Ela pode concorrer como vice na chapa do partido ao governo do Estado, encabeçada por Tarcísio Motta. Talíria ocuparia vaga planejada para Marielle. A investigação sobre as ameaças podem ajudar na investigação do caso de Marielle, acreditam assessores do partido. 


"Desde o início do mandato, numa Câmara majoritariamente conservadora, com muitos representantes da extrema direita, sofro ameaças", contou. "Enfrento muitas reações: são ataques sistemáticos nas redes sociais, em que sou chamada de 'vagabunda', em que dizem que se me encontrarem na rua vão 'meter uma bala na minha cara', para eu 'voltar pra senzala'."


Depois, a hostilidade ficou mais visível. A sede do Psol em Niterói foi invadida por um homem armado, que ameaçava a vereadora. Segundo assessores, latas de tinta são mantidas na sede só para apagar recorrentes pichações contra ela. Em eventos públicos são comuns xingamentos e ameaças como "só matando mesmo". 


"Mas chegou ao ápice em 14 de novembro, quando foram feitas ligações sistemáticas para a sede do Psol, me chamando de 'piranha', de 'vagabunda', dizendo que iam explodir a sede do partido, me matar com uma bomba", contou Talíria.


Maré


Professora de História e mestranda em Serviço Social, Talíria começou sua militância na época em que dava aulas no pré-vestibular no Complexo da Maré, Zona Norte carioca. Ali, conheceu Marielle. As duas tinham pautas muito parecidas. 


Na sua primeira candidatura, foi a vereadora mais votada de Niterói. Talíria, a exemplo da amiga, preside a Comissão dos Direitos Humanos na Câmara. Nela, já fez inúmeras denúncias de violência policial. "Essas bandeiras que levantamos mexem muito com as estruturas da sociedade, são consideradas uma afronta por muitas pessoas." 

-------------------------------------------------
jbonline
http://www.jb.com.br/rio/noticias/2018/03/20/vereadora-de-niteroi-amiga-de-marielle-denuncia-ameacas/

Mais Notícias

Adolescente que planejava ataque a escola do Rio enviou mensagem dizendo integrar seita

Marielle é homenageada em murais de grafite ao redor do mundo

Tragédia em Suzano provoca consternação, autoridades se manifestam

Obra de modernização do aeroporto de Macaé é inaugurada

Prefeitura do Rio dará reajuste a quase 25 mil servidores de empresas públicas

Witzel diz que presos por assassinato de Marielle e Anderson poderão fazer delação premiada para apontar mandante

Programa de distribuição de óculos vai ser redirecionado a estudantes

Venda de 46 planos de saúde está proibida a partir de hoje

No Dia Internacional da Mulher, acordo quer proteger mulheres de agressores

Violência doméstica é ato de covardia e precisa ser coibida, diz Moro

Blog dos Jornalistas: PGR pede prisão imediata de Paulo Feijó

Previdência: Bolsonaro pede sacrifício aos militares

DIÁRIO OFICIAL DO LEGISLATIVO DEIXARÁ DE SER IMPRESSO

Moradores do Volare aguardam autorização da defesa Civil para retornarem

Queiroz diz ao MP que usava salários para 'multiplicar base eleitoral' de Flávio Bolsonaro

INSS antecipa pagamento de benefícios a moradores de Brumadinho

MP entra com ação na Justiça para interditar Sambódromo às vésperas dos desfiles

PISO REGIONAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERÁ REAJUSTE DE 3,75%

Delações da OAS revelam pagamentos milionários a Cabral, Paes, Aécio, Serra e outros 17 políticos

Câmeras de reconhecimento facial começam a funcionar em Copacabana

Mais detalhes do Peugeot 208 foram revelados antes do Salão de Genebra 2019

Mourão defende volta da democracia na Venezuela sem “medida extrema”

STF julga na quarta-feira possibilidade de redução de salário e de jornada de servidores

Butantan vai doar 1 milhão de doses de vacina para a Venezuela

Colecionador brasiliense doa 2 mil insetos ao Museu Nacional do Rio

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas