Logo ASP

Notícias



Manguezal de Gargaú em análise

Divulgação
Manguezal do rio Paraíba do Sul Manguezal do rio Paraíba do Sul

Manguezal do rio Paraíba do Sul

As regiões de ecossistemas costeiros como os mangues são áreas de grande fragilidade por responderem a processos naturais. Diante disso, o manguezal do rio Paraíba do Sul é o maior da região Norte Fluminense e será delimitado na área de Gargaú, situado no município de São Francisco do Itabapoana. A primeira visita técnica para alinhar a primeira fase de delimitação aconteceu na última semana com a presença da prefeita do município, Francimara Barbosa Lemos (PSB), e os órgãos representantes como Ibama, Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e Parque Eólico de Gargaú. A iniciativa é uma recomendação do Ministério Público Federal (MPF) para evitar degradação em áreas de preservação permanente. A ação é resultado da união, sob condicionante de licenciamento do parque eólico.


O manguezal é um ecossistema de elevada importância ecológica, social e econômica, e também considerado dominante na fisiografia do litoral do Brasil, distribuindo-se ao longo dos 6.800km da linha costeira, sendo a estimativa mais recente, para a área de cobertura calculada em 1,38 milhão de hectares. O manguezal do rio Paraíba do Sul apresenta uma planície formada por sucessão de faixas arenosas alongadas que apresentam limites, largura e extensões variáveis, intercaladas por terrenos superficialmente argilosos, onde se desenvolvem áreas de manguezais.


A prefeita de SFI, Francimara Barbosa Lemos, ponderou e ratificou o compromisso de sua gestão na colaboração, em todos os campos, a fim de atender aos órgãos e em consonância com o artigo 225 da Constituição Federal de 1988, assegurando para futuras gerações um meio ambiente equilibrado. “Vamos lutar para conservar estes espaços e caminhar para a sustentabilidade e desenvolvimento, trazendo ações de agenda positiva”, ressaltou.


O secretário municipal de Meio Ambiente, Ilzomar Soares, destacou que a união de esforços será de grande valia e um ganho substancial a esta nova fase de iniciativas e ações contundentes na proteção ambiental. “Ficou decidido durante o encontro que a comunidade será ouvida através de audiência pública para explanação do projeto e elucidação das ações propostas”, informou.


 

-------------------------------------------------
folha1
http://www.folha1.com.br/_conteudo/2018/05/na_foz/1233709-manguezal-de-gargau-em-analise.html

Mais Notícias

Pezão vira réu em desdobramento da Lava-Jato no Rio

Detran-RJ tem novo horário de atendimento a partir da próxima segunda

Unesco anuncia Rio como primeira Capital Mundial da Arquitetura

MP denuncia Cabral e Picciani por lavar propina

AGORA É LEI: PRESTADORES DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PASSARÃO A FORNECER PROTOCOLO DE ATENDIMENTO

Propósito é construir Mercosul enxuto que continue com relevância, diz Bolsonaro

Ministério do Meio Ambiente suspende contratos por 90 dias

MP-RJ não tem dúvidas de que morte de Marielle está ligada a milícias

Saiba como motorista vai fazer autovistoria e declarar ao Detran-RJ que carro está em boas condições

Ford terá tecnologia de comunicação do veículo através de rede de celular 5G

Secretários de Witzel 'quebram' cabeça para cortar 20% de cargos ou salários

Corpo de Bombeiros do Rio tem primeira mulher piloto de helicóptero

AGORA É LEI: CARTÃO ESPECIAL DE ESTACIONAMENTO É ALTERADO

Dois brasileiros estão entre os finalistas do prêmio Global Teacher

Rosinha com outra inelegibilidade

Golpe no Instagram: casal de Campos é procurado pela polícia após lesar clientes de todo o Brasil

Garotinho fala em Rosinha candidata

Vídeo: acidente derruba árvore que cai sobre restaurante

Onyx usa empresa de amigo para receber verba de gabinete, afirma jornal

Governo estuda privatizar ou liquidar 100 estatais, diz ministro

Presidência tem a porta aberta para toda a sociedade, diz ministro

Porto do Açu terá aeroporto

Marco Aurélio determina soltura de condenados em 2ª instância

Campos vence prêmio de boas práticas do TCE/RJ em duas categorias

Brasil gasta R$ 725 bilhões com servidores públicos da ativa, mais de 10% do PIB

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas