Logo ASP

Notícias



STF manda inquéritos para Justiça Federal

Em outra decisão dessa segunda-feira do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Celso de Mello enviou para a Justiça Federal do Rio de Janeiro o inquérito sobre os ex-governadores Anthony (PRP) e Rosinha (Patri) Garotinho e a filha dos dois, a deputada federal Clarissa Garotinho (Pros). O inquérito foi aberto em março último para investigar o episódio de novembro de 2016, quando Garotinho foi preso pela primeira vez no caso Chequinho. Ele foi levado à superintendência da Polícia Federal, no Rio, e seria transferido para Campos, mas passou mal.


Garotinho foi internado no Hospital Souza Aguiar, mas funcionários denunciaram regalias a ele e à família. Assim, a Justiça determinou a transferência para Bangu, quando se deu o episódio da ambulância. Clarissa, que estava no quarto onde estava o pai preso, tentou impedir a transferência através de telefonemas e até colocando um médico para falar com os policiais federais que estavam ali para cumprir a ordem judicial. Rosinha também estava no quarto e tentou segurar o marido para que não fosse levado.


Clarissa disse que não houve resistência: “O que eu fiz ali foi uma atitude como filha. Foi uma defesa da vida e da saúde do meu pai”, afirmou tempos depois, acrescentando que o estado do pai era grave.


A decisão atende a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e se baseia na restrição do foro privilegiado de deputados federais e senadores, determinada pelo STF em maio. Agora, só permanecem na Corte os processos relacionados a casos cometidos no mandato e relacionados ao exercício do cargo.

-------------------------------------------------
folha1
http://www.folha1.com.br/_conteudo/2018/06/politica/1235703-stf-manda-inquerito-para-justica-federal.html

Mais Notícias

Estimativa para a inflação deste ano sobe para 4,28% e a do PIB cai para 1,35%

Importunação sexual vira crime com pena de até 5 anos de prisão

Postura notifica mais 70 proprietários para limpeza de imóveis

ARÁBIA SAUDITA TEM PRIMEIRA MULHER COMO ÂNCORA DE TELEJORNAL NOTURNO

Investimentos em novos negócios

SFI CONTRA O FECHAMENTO DO FÓRUM

Ministério Público impugna 749 candidaturas com base na Ficha Limpa

Advogados fazem ato em defesa das prerrogativas da classe

Toffoli diz que urna eletrônica é segura e defende a Lava Jato

Servidores públicos poderão reduzir jornada de trabalho

TSE autoriza apoio das forças federais em 41 municípios do Estado do Rio

Justiça nega pedido de teste de insanidade mental de agressor de Bolsonaro

Posturas faz nova notificação a donos de terrenos abandonados

Mais segurança na BR é pedida

TRF2 determina à PF condução coercitiva de Garotinho

Lei que estendia efeitos de ações judiciais a servidores é inconstitucional, reforça TJ-RJ

Justiça eleitoral afasta vereador de São Francisco de Itabapoana por 180 dias

Bombeiros concluem que Museu Nacional estava irregular quanto à segurança contra incêndio

TRF-2 mantém condenação e aumenta a pena de Garotinho por formação de quadrilha

Fogo no Museu pode ter sido causado por balão ou curto-circuito, diz ministro

Guarus Plaza Shopping: pedra fundamental é lançada nesta negunda

Seca do Paraíba é a mais longa em 85 anos

Ex-secretário de Saúde de Cabral, Sérgio Côrtes, volta a ser preso na Lava Jato

Agentes comunitários da saúde em protesto em frente à Câmara

INSS: lei garante salário-maternidade para homens em casos de adoção

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas