Logo ASP

Notícias



Justiça determina bloqueio de R$ 22 milhões na conta da Prefeitura de Campos

Ascom
José Paes Neto é procurador do município de Campos

José Paes Neto é procurador do município de Campos

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ/RJ) determinou o bloqueio de R$ 22 milhões na conta da Prefeitura de Campos, referente ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor corresponde a parte da dívida dos precatórios judiciais devidos pelo Município, em 2016 e anos anteriores, que totaliza R$ 68 milhões.


A decisão chega em meio à grave crise financeira enfrentada pela administração municipal. Além do bloqueio de R$ 22 milhões, mensalmente a Prefeitura tem que desembolsar R$ 1,5 milhão em pagamento desta mesma dívida até o ano de 2020. Por ano, são mais R$ 18 milhões a serem pagos em parcelamento de precatórios.


De acordo com o procurador geral do Município, José Paes Neto, com a decisão, todo o planejamento de gestão terá que ser revisto. “Desde o início do ano passado, diante do cenário que encontramos, estamos trabalhando com planejamento a curto prazo. E agora, com mais esta decisão, teremos que novamente fazer uma revisão. Com certeza isso vai impactar nos atendimentos básicos e na retomada de obras. Mais uma vez, o passado assombra o presente e o futuro do Município”, destaca.


Ainda de acordo com o procurador, a situação pode se agravar ainda mais, caso o repasse do FPM não totalize os R$ 22 milhões e haja decisão para bloqueio de outras receitas. “Aí poderá haver bloqueio de repasse de royalties do petróleo, participação especial e até ICMS”, frisa.


Precatórios são requisições expedidas pelo Poder Judiciário para cobrar o pagamento de valores devidos após condenações judiciais definitivas. Os R$ 68 milhões devidos por Campos se referem principalmente a questões trabalhistas — processos movidos por servidores públicos — e contestações sobre valores de desapropriações de imóveis ocorridas em administrações passadas.


“Esta dívida se acumulou porque os valores devidos não foram pagos regularmente pelas gestões anteriores. Somente em 2016, o valor foi de R$ 11 milhões e somente R$ 2 milhões foram pagos. Quando o prefeito Rafael Diniz assumiu a Prefeitura, em janeiro de 2017, o valor dos precatórios já ultrapassava R$ 60 milhões. A Prefeitura vinha negociando com o Tribunal uma maneira de parcelar esta dívida em mais vezes, levando em conta a dificuldade financeira do município, mas esta negociação não teve êxito. E agora a situação se agravou”, observa o Procurador Geral do Município.


Além da dívida com os precatórios, a Prefeitura de Campos já pagou cerca de R$ 90 milhões relativos a um empréstimo junto à Caixa Econômica em 2016, que comprometeu R$ 1,3 bilhão da arrecadação municipal – a chamada “Venda do Futuro”. A atual gestão também paga todo mês R$ 4 milhões ao Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Campos (PreviCampos), fruto da negociação por uma dívida de R$ 180 milhões deixada pelo governo passado.

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
http://www.jornalterceiravia.com.br/2018/07/09/justica-determina-bloqueio-de-r-22-milhoes-na-conta-da-prefeitura-de-campos/

Mais Notícias

Estudantes do IFF são feitos reféns e veículo utilizado no crime é localizado na manhã desta quinta-feira

Explosão em laboratório no campus da UFRJ deixa três feridos

Justiça Federal manda instalar semáforo em trecho urbano da BR-101

FGTS dá lucro de R$ 12,46 bi e cada trabalhador receberá em média R$ 38

Blog dos Jornalistas: Ralph Manhães convonca imprensa para reunião sobre eleições

CNJ nega recurso para afastar juiz que mandou prender Garotinho

Partido Novo inicia atuação em Campos

Cresce o número de famácias na cidade

PIS/Pasep: resgate começa nesta terça-feira para trabalhadores de todas as idades

Novo presidente assume Associação Comercial e Industrial de Campos

Câmara quer mudar regra de eleição em caso de impeachment do prefeito

TSE autoriza Forças Armadas nas eleições no Rio de Janeiro

Feira do Peixe nos Bairros acontece no Parque Santo Amaro nesta sexta (10) e sábado (11)

Exército e polícias ocupam área de conflito de Guarús em megaoperação

Merco Noroeste de Itaperuna fomenta a cadeia produtiva

Luto! Campeão do mundo com feito histórico morre em acidente automobilístico

Liberação de saques do PIS/Pasep começa amanhã para todas as idades

Polícia Militar retoma segurança na Uenf após cerca de um ano sem parceriat

Setor sulcroalcooleiro comemora boa produção

Passageiros elegem os melhores aeroportos do Brasil

Glaucenir será ouvido dia 7 no caso do áudio

Aluna do IFF conquista 1.º lugar em maratona de Empreendedorismo e Inovação

Unidade de tratamento de gás da Petrobras volta a operar em Macaé

Brasil terá aumento de mortes por onda de calor, afirma estudo

Base de Crivella enterra CPIs sobre Saúde na Câmara

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas