Logo ASP

Notícias



Consultório de nutrição começa a funcionar na UENF

Antônio Leudo
Atendimento será feito as terças e quarta-feiras

Atendimento será feito as terças e quarta-feiras

O Consultório de Nutrição, projeto da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Estadual do Norte Fluminense - Darcy Ribeiro (Uenf) começou a funcionar nesta terça-feira (24), às 9h, com objetivo de prestar orientação nutricional a servidores, funcionários terceirizados, alunos, grupos que atuam na instituição e moradores das comunidades próximas e, ainda, para embasar futuras pesquisas e estimular o desenvolvimento de trabalhos acadêmicos voltados para a prevenção de distúrbios alimentares. A informação foi passada pela nutricionista Giane Chaves Kristosh, que fará o atendimento todas as terças e quartas-feiras na Uenf.


á no dia de estreia, na primeira hora de funcionamento do consultório, alunos e funcionários buscaram atendimento. “Por falta de conhecimento, tenho dificuldade de associar alimentos para uma alimentação adequada e queria buscar uma educação alimentar, para melhorar minha qualidade de vida. Agora, com essa facilidade, vim logo para uma consulta. Na verdade, a nutrição veio até a mim”, brincou a funcionária pela prefeitura da Uenf, Eloene Alexandrino Bernardo.


A nutricionista destacou a importância do projeto de um ano, que pode ser estendido. “É importante porque se trata de uma universidade com um público diversificado, que precisa de orientação nutricional. É uma universidade que tem um restaurante, com almoço e jantar, o que possibilita que essas orientações sejam colocadas em prática pelos funcionários e alunos, além de desenvolver, com o projeto, atividades para educação nutricional desse público. Também temos grupos de agricultura familiar, de economia solidária, da terceira idade, que atuam na Uenf e que, através da associação de palestras, oficinas e atendimento, podem aprender a se alimentar de forma saudável”, explicou a especialista.


Sobre o atendimento à comunidade, Giane falou da importância do projeto focando na prevenção de patologias, doenças provocadas por problemas alimentares e nutricionais. “Pode ocorrer, por exemplo, em uma mesma família, uma criança magra, mas com a gordura acumulada no abdômen, e uma outra gordinha, as duas com diferentes graus de obesidade e risco de desenvolver alguma patologia. Até no planejamento familiar, no planejamento de uma gravidez, a alimentação é importante. O que se come na gravidez já é sentido pelas papilas gustativas do bebê, que, no útero, sente o paladar. Assim, a alimentação vai definir o hábito alimentar daquela criança. O projeto não é para quem está acima ou abaixo do peso, não só para obesidade ou desnutrição; o projeto é de educação alimentar para a prevenção de doenças e uma vida com mais qualidade”.


á no dia de estreia, na primeira hora de funcionamento do consultório, alunos e funcionários buscaram atendimento. “Por falta de conhecimento, tenho dificuldade de associar alimentos para uma alimentação adequada e queria buscar uma educação alimentar, para melhorar minha qualidade de vida. Agora, com essa facilidade, vim logo para uma consulta. Na verdade, a nutrição veio até a mim”, brincou a funcionária pela prefeitura da Uenf, Eloene Alexandrino Bernardo.


A nutricionista destacou a importância do projeto de um ano, que pode ser estendido. “É importante porque se trata de uma universidade com um público diversificado, que precisa de orientação nutricional. É uma universidade que tem um restaurante, com almoço e jantar, o que possibilita que essas orientações sejam colocadas em prática pelos funcionários e alunos, além de desenvolver, com o projeto, atividades para educação nutricional desse público. Também temos grupos de agricultura familiar, de economia solidária, da terceira idade, que atuam na Uenf e que, através da associação de palestras, oficinas e atendimento, podem aprender a se alimentar de forma saudável”, explicou a especialista.


Sobre o atendimento à comunidade, Giane falou da importância do projeto focando na prevenção de patologias, doenças provocadas por problemas alimentares e nutricionais. “Pode ocorrer, por exemplo, em uma mesma família, uma criança magra, mas com a gordura acumulada no abdômen, e uma outra gordinha, as duas com diferentes graus de obesidade e risco de desenvolver alguma patologia. Até no planejamento familiar, no planejamento de uma gravidez, a alimentação é importante. O que se come na gravidez já é sentido pelas papilas gustativas do bebê, que, no útero, sente o paladar. Assim, a alimentação vai definir o hábito alimentar daquela criança. O projeto não é para quem está acima ou abaixo do peso, não só para obesidade ou desnutrição; o projeto é de educação alimentar para a prevenção de doenças e uma vida com mais qualidade”.

-------------------------------------------------
folha1
http://www.folha1.com.br/_conteudo/2018/07/geral/1236747-consultorio-de-nutricao-comeca-a-funcionar-na-uenf.html

Mais Notícias

Cresce o número de famácias na cidade

PIS/Pasep: resgate começa nesta terça-feira para trabalhadores de todas as idades

Novo presidente assume Associação Comercial e Industrial de Campos

Câmara quer mudar regra de eleição em caso de impeachment do prefeito

TSE autoriza Forças Armadas nas eleições no Rio de Janeiro

Feira do Peixe nos Bairros acontece no Parque Santo Amaro nesta sexta (10) e sábado (11)

Exército e polícias ocupam área de conflito de Guarús em megaoperação

Merco Noroeste de Itaperuna fomenta a cadeia produtiva

Luto! Campeão do mundo com feito histórico morre em acidente automobilístico

Liberação de saques do PIS/Pasep começa amanhã para todas as idades

Polícia Militar retoma segurança na Uenf após cerca de um ano sem parceriat

Setor sulcroalcooleiro comemora boa produção

Passageiros elegem os melhores aeroportos do Brasil

Glaucenir será ouvido dia 7 no caso do áudio

Aluna do IFF conquista 1.º lugar em maratona de Empreendedorismo e Inovação

Unidade de tratamento de gás da Petrobras volta a operar em Macaé

Brasil terá aumento de mortes por onda de calor, afirma estudo

Base de Crivella enterra CPIs sobre Saúde na Câmara

Câmara aprova audiência pública sobre \"rombo\" de R$ 402 milhões ao Fundecam

Audiência Pública sobre Porto de Jaconé lota Alerj e vai para plenário

Saiba como evitar a infestação de piolhos nas voltas às aulas

Governo autoriza implantação de Usina Termelétrica Porto do Açu III

Governo do Rio divulga regras de recenseamento e prova de vida de servidores estaduais

Campos recebe maior evento de mercado imobiliário e construção civil do RJ

Rio aponta prejuízo de R$ 2,89 bilhões caso STF não valide taxa de 14% sobre servidores

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas