Logo ASP

Notícias



Brasil terá aumento de mortes por onda de calor, afirma estudo

Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press
A pesquisa, dizem os cientistas, é a primeira a prever o número de mortes associadas às ondas de calor

A pesquisa, dizem os cientistas, é a primeira a prever o número de mortes associadas às ondas de calor

Um novo estudo internacional revela que o número de mortes causadas por ondas de calor aumentará sem parar nas próximas décadas, caso não sejam tomadas providências de adaptação às mudanças climáticas. Entre os 20 países avaliados na pesquisa, o Brasil está em terceiro nas projeções de aumento das mortes ligadas ao calor. Colômbia e Filipinas estão na frente.


O maior aumento será nas regiões tropicais - em especial nas nações de baixa renda -, mas também haverá expressiva elevação de mortes na Austrália, na Europa e nos Estados Unidos. Neste momento, vários países do Hemisfério Norte têm sofrido com fortes ondas de calor.


Liderado pela Universidade Monash (Austrália), o estudo foi publicado, nessa terça-feira (31/7), na revista científica PLOS Medicine. Um dos autores é o médico brasileiro Paulo Saldiva, da Universidade de São Paulo (USP). A pesquisa, dizem os cientistas, é a primeira a prever o número de mortes associadas às ondas de calor. Eles esperam que o resultado ajude os tomadores de decisão a planejar estratégias de adaptação e mitigação para mudanças climáticas.


Os cientistas desenvolveram um modelo para estimar o número de mortes relacionadas às ondas de calor em 412 cidades de 20 países, de 2031 a 2080. Foi possível projetar o aumento da mortalidade associada às ondas de calor no futuro em diferentes cenários, caracterizados por níveis de emissão de gases de efeito estufa, grau de preparação e estratégias de adaptação e densidade populacional das regiões estudadas.


"O objetivo do estudo era ver o que acontecerá com a saúde humana em diferentes cenários climáticos, em cidades de diferentes latitudes e longitudes. No Brasil, as cidades litorâneas têm bom controle térmico e grandes problemas com ilhas de calor. Mas nossos dados mostram que cidades do Centro-Oeste e do Sudeste, como São Paulo, sofrerão bastante", disse Saldiva. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

-------------------------------------------------
correiobrasiliense
https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2018/08/01/interna_ciencia_saude,698694/brasil-tera-aumento-de-mortes-por-onda-de-calor-afirma-estudo.shtml

Mais Notícias

"O Rei Leão" estreia nesta quinta (18) no Kinoplex

Servidores do TJ-RJ vão receber parcela do 13º salário até o dia 30

A tríplice que fez muita gente sonhar nos anos 80. E a moda desses colecionáveis só aumenta com o tempo. Veja como...

RADARES NA RODOVIA AMARAL PEIXOTO SERÃO DESLIGADOS EM CUMPRIMENTO A LEI DA ALERJ

Abigail Disney afirmou que se infiltrou em um dos parques temáticos...

Empresa de Gás recebe todos os equipamentos de grande porte para conclusão da primeira térmica no Porto do Açu

Volkswagen Tiguan R-Line chega com preparação Oettinger de 280 cv 0

Porto do Açu vai além da Bacia de Campos

TJRJ suspende decisão de desembargadora e Garotinho deverá usar tornozeleira

TJ-RJ analisa na segunda-feira ação que pode resultar em demissão de agentes de Educação Infantil

Caiu! WhatsApp, Facebook, Twitter e Instagram ficam instáveis nesta quarta...

Conheça 5 acessórios perigosos que você deveria evitar

AGORA É LEI: CERTIDÕES EMITIDAS PELAS COMPANHIAS DE HABITAÇÃO DOS MUNICÍPIOS SERÃO GRATUITAS

Ompetro vai a Rodrigo Maia por apoio contra redistribuição de royalties

Arquiteta campista é premiada nacionalmente

Delaçãol envolve Garotinho

Estado: sem reajuste há cinco anos, servidores estão com defasagem salarial de 30%

Guedes critica recuos no parecer da reforma: "Podem abortar a nova Previdência"

STF adia votação de ação que pode fixar data-base para reajuste salarial de servidores

Previdência: abono do PIS/Pasep será concedido para quem ganha até R$ 1.300

Telegram é alvo de ciberataque DDoS; usuários do Brasil estão entre mais afetados

Após três casos de meningite e uma morte, presidários de Campos serão transferidos para Itaperuna

Lava Jato não é suscetível de qualquer retrocesso, diz Fachin

Senado faz campanha de combate a notícias falsas

Negócios da China

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas