Logo ASP

Notícias



Seca do Paraíba é a mais longa em 85 anos

Isaías Fernandes
Rio Paraíba do Sul

Rio Paraíba do Sul

O período de seca do rio Paraíba do Sul é o mais longo em 85 anos. A afirmação é do diretor do Comitê do Baixo Paraíba, João Siqueira. A solução para o problema passa pela construção de uma cisterna de água e contenção de cheias, que deverá ser realizada em Minas Gerais. Enquanto o projeto não sai do papel, ações são realizadas pela Prefeitura de Campos e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), que buscam minimizar os impactos. Com o volume baixo do rio, a população aproveitou para cultivar hortas nas áreas ribeirinhas.


Segundo João Siqueira, este ano o nível da chuva foi até maior, mas não o suficiente para acabar com a crise. “Esse ano choveu mais um pouco, mas não choveu nas cabeceiras. Em 85 anos que se mede o nível do rio Paraíba aqui em Campos, a cota mínima é 5,20m. De 2013 a 2017, caiu para 4,40. O rio está seco novamente. A crise não acabou. Hoje, está em 4,60m. Vai chegar em setembro ou outubro a 4,20m. São cinco anos de seca, nunca houve isso na história do Paraíba. Em 85 anos de medição, nunca houve uma seca deste tamanho”, ressaltou.


Outro fator que contribuiu para complicar a situação do rio Paraíba do Sul é o aumento do período seco nos últimos 20 anos. “Nós dividimos o rio Paraíba do Sul em duas partes: a primeira que atende São Paulo e a cidade do Rio de Janeiro e a segunda que atende o restante da bacia. O lado de São Paulo e Rio tem cisterna, o nosso lado não tem. Chove, bate na calha, vai para o mar e está seco de novo. E isso é de março a outubro, período seco que se alongou para Campos e São João da Barra nos últimos 20 anos. Era de maio a setembro, agora é de março a outubro”, disse João Siqueira.


A seca no rio em Campos fez surgir uma horta comunitária nos arredores do Paraíba. Na altura do Jardim Carioca, em Guarus, são cultivadas hortaliças, legumes e verduras de todo tipo. O uso do rio pela população em períodos secos não é novidade. Em 2014, as pessoas transformaram o Paraíba em balneário, com direito a guarda-sol, cadeira, cerveja, samba e farofa. Na época, o local foi apelidado de “Ilha dos Caras”.


Para evitar tais situações, João Siqueira ressalta que é necessário a construção da cisterna. “Alocamos um recurso do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Ceivap) para fazer o projeto da cisterna. Existia um projeto de contenção de cheia em Muriaé e Pádua. O projeto voltou para o Inea e agora se transformou em projeto de reservação de água e contenção de cheias, certamente para resolver o problema”, finalizou.


Enquanto o projeto não sai do papel, a Prefeitura de Campos protege os mananciais através de reflorestamento às margens do Paraíba e seus afluentes. “Uma das ações mais importantes para a preservação do Paraíba é a proteção das áreas de recarga dos rios, as nascentes, onde os rios se formam. Quando falamos em proteção dos rios, temos que ressaltar a qualidade da água, com tratamento de esgoto, ações de educação ambiental, como as que acontecem no Centro de Educação Ambiental (CEA) para que não haja despejo irregular de lixo e esgoto, além de preservar rios e lagoas e não desperdiçar água” informou o subsecretário de Desenvolvimento Ambiental, Carlos Ronald Macabu.

-------------------------------------------------
folha1
http://www.folha1.com.br/_conteudo/2018/09/geral/1238232-seca-do-paraiba-e-a-mais-longa-em-85-anos.html

Mais Notícias

O gestor da Nova Canabrava

Leilão do Jóquei é mantido pela Justiça Federal mas Vila Hípica fica de fora

Em depoimento ao MPF, candidata do PSL confirma que foi \\\'laranja\\\' a pedido de ministro

Prefeitura começa a demolir dois prédios vizinhos aos que desabaram na Muzema

Ação contra Bruno e Wladimir tem parecer

BR-101 terá operação especial nesta Páscoa e expectativa de mais de 515 mil veículos

Ex-presidente do Peru se suicida após receber ordem de prisão no caso Odebrecht

Governo do estado decreta ponto facultativo na véspera do feriado de São Jorge

Aprovação do projeto que liberava porte de armas para deputados e Degase é cancelada

José Maria Marin é banido do futebol e pagará multa de R$ 3,2 milhões

Ao menos duas pessoas morrem e quatro ficam feridas em desabamento de prédios na Muzema

PF faz operação contra esquema criminoso que superfaturava pedágios

AGORA É LEI: ESTADO DO RIO CRIA NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA DE VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO

Depois das enchentes, Crivella libera R$ 86,9 milhões para obras

Empresa desiste de embargo e obras do Palácio da Cultura serão retomadas

Governo federal diz que Prefeitura do Rio deixou de usar recursos do PAC para contenção de...

Crivella descarta estado de emergência e atribui parte dos problemas com chuva...

TSE cassa direitos políticos de Pezão e Dornelles

Veja o que acontece em caso de impeachment de Crivella

Pistola é roubada na maior feira de Segurança da América Latina

Ministro do Turismo quer reduzir o preço das passagens aéreas

Flamengo empata no fim, vence o Vasco nos pênaltis e conquista a Taça Rio

Ex-treinador da seleção brasileira de ginástica é banido do esporte

Brownie

Tributarista de Campos é nomeado por Witzel para coordenar Comissão de Reforma Tributária no estado

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas