Logo ASP

Notícias



Isaías Fernandes
No último mês, três lojas foram abertas em Campos

No último mês, três lojas foram abertas em Campos

Otimismo. Essa é a palavra chave para os empresários que estão enfrentando a crise e investindo em novos negócios. As crises econômicas também oferecem oportunidades, por isso, saber usar os seus recursos de maneira inteligente é essencial, segundo especialistas. Em Campos, muitos empresários estão seguindo na contramão da crise e estão investindo em novos negócios e até ampliando os que já têm no mercado. Somente nos últimos dois meses três lojas foram abertas na área central, cinco ainda estão na previsão de serem inauguradas ainda neste mês de setembro. Os empresários estão acreditando no novo e no período que antecede ao Natal. A crise, segundo eles, está começando a dar sinal de fraqueza. O Sebrae faz uma análise do período.


E foi isso que empresários de Minas Gerais resolveram fazer na cidade, investir em algo diferente e abriram uma revenda de café no Centro da cidade. A gerente Marcelly Barros informou que com apenas 15 dias a loja superou as expectativas de vendas e de público.


— O café surgiu de um investimento de um empresário que se casou com uma campista e trouxe para cá o café de Minas Gerais. O investimento veio de uma ideia de inovação e o público está gostando muito. Temos aqui a degustação e a venda do produto que é único na região. Investir em um produto novo, único e de qualidade foi a forma que encontramos para nos manter na cidade. Não tivemos medo de abrir porque apostamos no diferencial. E já estamos tendo o retorno não só financeiro, mas também de público — informou a gerente.


Para o presidente da Carjopa, Luíz Carlos Chicre, os períodos de crise econômica podem ser muito bem aproveitados por empreendedores que sabem otimizar seus recursos e têm faro para boas ofertas. Até o valor dos aluguéis estão sendo adequados dando oportunidades para o empresário investir.


— Está havendo um investimento novo em cima da crise que já existe no município e não é nada diferente em todo o Brasil. Não é possível que essa crise permaneça por muito mais tempo e por isso estamos com um cenário de otimismo. São mais de oito novos empreendimentos abertos no Centro da cidade, os aluguéis foram adequados, ou seja, com preços mais em conta. Essa é à hora de investir, o final do ano está chegando e, para vender, tem que investir agora — disse ele.


Sebrae acredita nas oportunidades do mercado


“É possível crescer mesmo em tempo de crise, é preciso aproveitar as oportunidades”. Essa é a opinião do coordenador regional do Sebrae/RJ no Norte Fluminense, Gilberto Soares, que fez uma análise dos investimentos atuais na cidade. Gilberto informou que nos últimos cinco anos foram fechadas 10.866 empresas e abertas 24.092. O pico da crise econômica foi em 2015, quando na região foram fechadas 3.273 empresas, em 2016 2.587 e, em 2017, 1.943.


Ele ressalta que ano passado foram abertos 5.023 novos empreendimentos na cidade, a mai-oria voltada para o setor de serviços. “Na verdade, não existe momento adequado para abrir negócios, o ideal é aproveitar as oportunidades até mesmo na economia não muito aquecida. A tendência hoje é evoluir junto com o mercado e o consumidor está cada vez mais exigente. O empreendedor que tem de aproveitar as oportunidades”, disse.

-------------------------------------------------
folha1
http://www.folha1.com.br/_conteudo/2018/09/economia/1239074-investimento-em-novos-negocios.html

Mais Notícias

Explosão na CSN deixa cerca de 20 funcionários em observação após inalarem poeira tóxica

Educação faz protesto contra contingenciamento de verbas das federais

WhatsApp tem falha de segurança e hackers instalam programa espião

Secretaria de Saúde orienta população sobre atendimento em casos de chikungunya

Justiça decide que condomínios não podem proibir animais de estimação em casa

Sem acordo para reajuste salarial, servidores de Campos farão greve de 24h

Quase mil cidades podem ter surto de dengue, zika e chikungunya

AGORA É LEI: OBRAS A SEREM REALIZADAS EM RODOVIAS ESTADUAIS DEVERÃO SER DIVULGADAS

Mariana terá R$ 12 mi anuais de mineradoras para saúde e assistência

Prefeitura divulga resultado preliminar da licitação do transporte público

O gestor da Nova Canabrava

Leilão do Jóquei é mantido pela Justiça Federal mas Vila Hípica fica de fora

Em depoimento ao MPF, candidata do PSL confirma que foi \\\'laranja\\\' a pedido de ministro

Prefeitura começa a demolir dois prédios vizinhos aos que desabaram na Muzema

Ação contra Bruno e Wladimir tem parecer

BR-101 terá operação especial nesta Páscoa e expectativa de mais de 515 mil veículos

Ex-presidente do Peru se suicida após receber ordem de prisão no caso Odebrecht

Governo do estado decreta ponto facultativo na véspera do feriado de São Jorge

Aprovação do projeto que liberava porte de armas para deputados e Degase é cancelada

José Maria Marin é banido do futebol e pagará multa de R$ 3,2 milhões

Ao menos duas pessoas morrem e quatro ficam feridas em desabamento de prédios na Muzema

PF faz operação contra esquema criminoso que superfaturava pedágios

AGORA É LEI: ESTADO DO RIO CRIA NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA DE VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO

Depois das enchentes, Crivella libera R$ 86,9 milhões para obras

Empresa desiste de embargo e obras do Palácio da Cultura serão retomadas

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas