Logo ASP

Notícias



Prefeitura de Campos reassume terreno da antiga fábrica de macarrão

Jean Barreto

A Prefeitura de Campos obteve a reintegração de posse de um terreno de 87.551,13 m2, na localidade de Baixa Grande, que era ocupado desde 2004 pela Duvêneto Indústria de Alimentos Ltda. Na manhã desta segunda-feira (5), representantes da Procuradoria Geral do Município e do Fundecam, acompanhados por um oficial de justiça e uma equipe da Guarda Civil Municipal, estiveram no local para cumprir a decisão.


A Duvêneto construiu no terreno uma fábrica de macarrão e biscoito, utilizando recursos do Fundecam; mas fechou as portas sem pagar a dívida, que, em valores atualizados, chega a R$ 95 milhões. Além do financiamento, a indústria havia se beneficiado da cessão de posse da área, graças a uma lei aprovada pela Câmara Municipal em 2007. Essa doação, no entanto, nunca chegou a ser formalizada pelo Poder Executivo. A reintegração da área foi concedida pelo juiz titular da 4ª Vara Cível de Campos, Rubens Soares Sá Viana Júnior.


“A partir de agora, a responsabilidade é do município, que retomou sua propriedade para lhe dar a destinação que melhor convier”, disse a subprocuradora adjunta do Município, Tainá de Oliveira Inácio Emmanuel, que esteve no local e constatou as condições precárias em que a fábrica foi deixada.


Segundo ela, será difícil o município recuperar o dinheiro financiado, uma vez que a empresa está em processo de falência no estado do Espírito Santo e o maquinário instalado em Baixa Grande se encontra em processo avançado de deterioração.


A Duvêneto firmou contrato com o Fundecam em 26 de fevereiro de 2004, com um financiamento inicial de R$ 4,6 milhões. mesmo não tendo pago nenhuma parcela desse empréstimo, conseguiu diversos aditivos, com a liberação de valores que chegaram a R$ 22,6 milhões. Atualizada, esta dívida chega a R$ 95 milhões. A empresa fechou as portas em 2008 sem pagar a dívida, que está sendo executada judicialmente desde 2010. Os devedores não foram encontrados.


No início de 2017, atendendo a uma determinação do prefeito Rafael Diniz, a Procuradoria Geral do Município intensificou os esforços para cobrança desta e de outras dívidas deixadas por empresas que receberam financiamento do Fundecam no passado e não pagaram. Em valores atuais, a dívida ajuizada dessas empresas chega a R$ 445 milhões.


“Essa reintegração de posse é emblemática, porque a fábrica de macarrão representou o descaso com o dinheiro público ocorrido em gestões anteriores”, comentou o superintendente do Fundecam, Rodrigo Lira. “Nós estamos reinventando o Fundecam e a gestão pública, tentando recuperar este dinheiro para revertê-lo em benefício de quem verdadeiramente precisa e merece, que é o pequeno empreendedor. É ele quem gera a maior parte dos empregos”.

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
http://www.jornalterceiravia.com.br/2018/11/06/prefeitura-de-campos-reassume-terreno-da-antiga-fabrica-de-macarrao/

Mais Notícias

Ação contra Bruno e Wladimir tem parecer

BR-101 terá operação especial nesta Páscoa e expectativa de mais de 515 mil veículos

Ex-presidente do Peru se suicida após receber ordem de prisão no caso Odebrecht

Governo do estado decreta ponto facultativo na véspera do feriado de São Jorge

Aprovação do projeto que liberava porte de armas para deputados e Degase é cancelada

José Maria Marin é banido do futebol e pagará multa de R$ 3,2 milhões

Ao menos duas pessoas morrem e quatro ficam feridas em desabamento de prédios na Muzema

PF faz operação contra esquema criminoso que superfaturava pedágios

AGORA É LEI: ESTADO DO RIO CRIA NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA DE VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO

Depois das enchentes, Crivella libera R$ 86,9 milhões para obras

Empresa desiste de embargo e obras do Palácio da Cultura serão retomadas

Governo federal diz que Prefeitura do Rio deixou de usar recursos do PAC para contenção de...

Crivella descarta estado de emergência e atribui parte dos problemas com chuva...

TSE cassa direitos políticos de Pezão e Dornelles

Veja o que acontece em caso de impeachment de Crivella

Pistola é roubada na maior feira de Segurança da América Latina

Ministro do Turismo quer reduzir o preço das passagens aéreas

Flamengo empata no fim, vence o Vasco nos pênaltis e conquista a Taça Rio

Ex-treinador da seleção brasileira de ginástica é banido do esporte

Brownie

Tributarista de Campos é nomeado por Witzel para coordenar Comissão de Reforma Tributária no estado

Presidente do Goytacaz conduzido à DP após fiscalização em postos de combustíveis

Rede Assaí vai se instalar em Campos até julho e deverá gerar no mínimo 300 empregos

Petrobras altera política de preço do diesel e anuncia 'cartão caminhoneiro'

Witzel afirma que não retomará hospitais municipalizados: 'De jeito nenhum'

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas