Logo ASP

Notícias



Prefeitura de Campos reassume terreno da antiga fábrica de macarrão

Jean Barreto

A Prefeitura de Campos obteve a reintegração de posse de um terreno de 87.551,13 m2, na localidade de Baixa Grande, que era ocupado desde 2004 pela Duvêneto Indústria de Alimentos Ltda. Na manhã desta segunda-feira (5), representantes da Procuradoria Geral do Município e do Fundecam, acompanhados por um oficial de justiça e uma equipe da Guarda Civil Municipal, estiveram no local para cumprir a decisão.


A Duvêneto construiu no terreno uma fábrica de macarrão e biscoito, utilizando recursos do Fundecam; mas fechou as portas sem pagar a dívida, que, em valores atualizados, chega a R$ 95 milhões. Além do financiamento, a indústria havia se beneficiado da cessão de posse da área, graças a uma lei aprovada pela Câmara Municipal em 2007. Essa doação, no entanto, nunca chegou a ser formalizada pelo Poder Executivo. A reintegração da área foi concedida pelo juiz titular da 4ª Vara Cível de Campos, Rubens Soares Sá Viana Júnior.


“A partir de agora, a responsabilidade é do município, que retomou sua propriedade para lhe dar a destinação que melhor convier”, disse a subprocuradora adjunta do Município, Tainá de Oliveira Inácio Emmanuel, que esteve no local e constatou as condições precárias em que a fábrica foi deixada.


Segundo ela, será difícil o município recuperar o dinheiro financiado, uma vez que a empresa está em processo de falência no estado do Espírito Santo e o maquinário instalado em Baixa Grande se encontra em processo avançado de deterioração.


A Duvêneto firmou contrato com o Fundecam em 26 de fevereiro de 2004, com um financiamento inicial de R$ 4,6 milhões. mesmo não tendo pago nenhuma parcela desse empréstimo, conseguiu diversos aditivos, com a liberação de valores que chegaram a R$ 22,6 milhões. Atualizada, esta dívida chega a R$ 95 milhões. A empresa fechou as portas em 2008 sem pagar a dívida, que está sendo executada judicialmente desde 2010. Os devedores não foram encontrados.


No início de 2017, atendendo a uma determinação do prefeito Rafael Diniz, a Procuradoria Geral do Município intensificou os esforços para cobrança desta e de outras dívidas deixadas por empresas que receberam financiamento do Fundecam no passado e não pagaram. Em valores atuais, a dívida ajuizada dessas empresas chega a R$ 445 milhões.


“Essa reintegração de posse é emblemática, porque a fábrica de macarrão representou o descaso com o dinheiro público ocorrido em gestões anteriores”, comentou o superintendente do Fundecam, Rodrigo Lira. “Nós estamos reinventando o Fundecam e a gestão pública, tentando recuperar este dinheiro para revertê-lo em benefício de quem verdadeiramente precisa e merece, que é o pequeno empreendedor. É ele quem gera a maior parte dos empregos”.

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
http://www.jornalterceiravia.com.br/2018/11/06/prefeitura-de-campos-reassume-terreno-da-antiga-fabrica-de-macarrao/

Mais Notícias

Justiça decide que Detran pode cobrar taxa para licenciamento de veículos

Prefeitura publica nova data para licitação do Autódromo de Deodoro

Ex-secretário da Casa Civil do Rio, Régis Fichtner é preso pela PF

Velório de Bibi Ferreira no Theatro Municipal será aberto ao público

Termina nesta quinta-feira prazo de inscrição para o Fies

Anvisa proíbe venda de lotes de frango da Perdigão

Vale sabia de riscos em Brumadinho e projetou até número de mortes

Réu na Lava Jato, Collor presta depoimento no STF

Bolsonaro recebe alta e deixa hospital em São Paulo

Vereador em São Francisco de Itabapoana, Jarédio Azevedo é preso em Campos

Juiz Heitor Campinho assume cargo como diretor do Fórum de Campos

Justiça do Rio condena Pezão a perda dos direitos políticos por 5 anos e multa por irregularidades na Saúde

Órgãos de segurança farão hoje vistoria detalhada no Ninho do Urubu

Boechat, um jornalista de estilo próprio marcado pelo humor ácido

“Pretendo convocar 190 servidores aprovados no último concurso”, diz presidente do TJRJ

MPRJ recorre da decisão que livra Estado do Rio da responsabilidade por lotação em unidade prisional em Campos

Multa trabalhista da Prefeitura será revertida para reforma da 146ª DP

Sobe para seis o número de mortos devido ao temporal no Rio

Temperatura média da Terra em 2018 foi a 4ª mais alta já registrada

Veja os 5 carros híbridos mais sustentáveis à venda no Brasil em 2019

Instituto Inhotim, em Brumadinho, vai reabrir no próximo sábado

Corrupção e lavagem de dinheiro. Lula da Silva condenado a 12 anos de prisão

Alcolumbre pede investigação de fraude da eleição da Mesa

Alunos da Firjan Senai Campos participam do projeto Cubes in Space em parceria com NASA

Letalidade policial pode subir com proposta de Moro, apontam especialistas

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas