Logo ASP

Notícias



Prefeitura de Campos reassume terreno da antiga fábrica de macarrão

Jean Barreto

A Prefeitura de Campos obteve a reintegração de posse de um terreno de 87.551,13 m2, na localidade de Baixa Grande, que era ocupado desde 2004 pela Duvêneto Indústria de Alimentos Ltda. Na manhã desta segunda-feira (5), representantes da Procuradoria Geral do Município e do Fundecam, acompanhados por um oficial de justiça e uma equipe da Guarda Civil Municipal, estiveram no local para cumprir a decisão.


A Duvêneto construiu no terreno uma fábrica de macarrão e biscoito, utilizando recursos do Fundecam; mas fechou as portas sem pagar a dívida, que, em valores atualizados, chega a R$ 95 milhões. Além do financiamento, a indústria havia se beneficiado da cessão de posse da área, graças a uma lei aprovada pela Câmara Municipal em 2007. Essa doação, no entanto, nunca chegou a ser formalizada pelo Poder Executivo. A reintegração da área foi concedida pelo juiz titular da 4ª Vara Cível de Campos, Rubens Soares Sá Viana Júnior.


“A partir de agora, a responsabilidade é do município, que retomou sua propriedade para lhe dar a destinação que melhor convier”, disse a subprocuradora adjunta do Município, Tainá de Oliveira Inácio Emmanuel, que esteve no local e constatou as condições precárias em que a fábrica foi deixada.


Segundo ela, será difícil o município recuperar o dinheiro financiado, uma vez que a empresa está em processo de falência no estado do Espírito Santo e o maquinário instalado em Baixa Grande se encontra em processo avançado de deterioração.


A Duvêneto firmou contrato com o Fundecam em 26 de fevereiro de 2004, com um financiamento inicial de R$ 4,6 milhões. mesmo não tendo pago nenhuma parcela desse empréstimo, conseguiu diversos aditivos, com a liberação de valores que chegaram a R$ 22,6 milhões. Atualizada, esta dívida chega a R$ 95 milhões. A empresa fechou as portas em 2008 sem pagar a dívida, que está sendo executada judicialmente desde 2010. Os devedores não foram encontrados.


No início de 2017, atendendo a uma determinação do prefeito Rafael Diniz, a Procuradoria Geral do Município intensificou os esforços para cobrança desta e de outras dívidas deixadas por empresas que receberam financiamento do Fundecam no passado e não pagaram. Em valores atuais, a dívida ajuizada dessas empresas chega a R$ 445 milhões.


“Essa reintegração de posse é emblemática, porque a fábrica de macarrão representou o descaso com o dinheiro público ocorrido em gestões anteriores”, comentou o superintendente do Fundecam, Rodrigo Lira. “Nós estamos reinventando o Fundecam e a gestão pública, tentando recuperar este dinheiro para revertê-lo em benefício de quem verdadeiramente precisa e merece, que é o pequeno empreendedor. É ele quem gera a maior parte dos empregos”.

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
http://www.jornalterceiravia.com.br/2018/11/06/prefeitura-de-campos-reassume-terreno-da-antiga-fabrica-de-macarrao/

Mais Notícias

Polícia cumpre mandados relacionados à morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes

Ministro do Trabalho em exercício é suspenso após operação da PF

Após visita da Polícia Federal, Câmara de Campos demite seguranças RPAs

TRF reafirma condenação de Garotinho, mas decisão do STF impede prisão

Fisiculturista é presa suspeita de atuar como fornecedora de drogas em Itaperuna

Mesa Diretora da Assembleia aceita pedido de impeachment de Pezão

Dodge diz que objetivo da prisão é descobrir como e onde Pezão ocultou propina

Alerj vai repassar R$ 100 milhões para ajudar Pezão a bancar o 13º salário dos servidores

Procuradora-geral da República se manifesta contra adiamento de reajuste de servidores federais para 2020

CPI do Fundecam com assinaturas

Senado avança em proposta que libera uso medicinal da maconha

Empresa que atua em Campos é investigada

MPF denuncia ex-presidente Lula por lavagem de dinheiro

Regras sobre teto salarial no serviço público devem ser votadas na Câmara nesta 3ª feira

Construtora se pronuncia sobre prédio de luxo evacuado em Campos

Futura primeira-dama diz que pretende atuar em todos os projetos sociais possíveis

Advogados vão à sede da OAB Campos para eleger nova chapa

Campos sedia grande evento da área do Direito

Bolsonaro diz a governadores que há medidas amargas, mas necessárias

Tudo pronto para Bienal do livro

Joaquim Levy aceita convite de Bolsonaro e vai presidir BNDES

Terpor de Macaé vai sair do papel

Morre o ex-presidente da Acic, Amaro Ribeiro Gomes, vítima de câncer

Governador do Rio exonera secretário de Governo e presidente do Detran presos pela PF

FABRICANTES DE ROUPAS PODEM TER QUE INCLUIR ETIQUETAS EM BRAILE EM SEUS PRODUTOS

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas