Logo ASP

Notícias



TRE-RJ diploma governador, senadores e deputados

Tomaz Silva/Agência Brasil
O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, fala à imprensa durante diplomação pelo Tribunal Regional Eleitoral, em cerimônia na Escola da Magistratura, no Tribunal de Justiça do Rio de JaneiroO governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, fala à imprensa durante diplomação pelo Tribunal Regional Eleitoral, em cerimônia na Escola da Magistratura, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, fala à imprensa durante diplomação pelo Tribunal Regional Eleitoral, em cerimônia na Escola da Magistratura, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e o vice-governador eleito, Cláudio Castro, foram diplomados na manhã de hoje (18) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. A cerimônia ocorreu no auditório da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro e diplomou também os senadores eleitos, Flávio Bolsonaro (PSL) e Arolde de Oliveira, além de seus suplentes e dos deputados federais e estaduais eleitos no Rio de Janeiro.


O Rio de Janeiro tem 46 deputados federais e 70 deputados estaduais. Entre os federais diplomados estava o deputado Rodrigo Maia, atual presidente da Câmara dos Deputados.


Em seu discurso, o governador eleito reconheceu que ele e os deputados estaduais têm pela frente "uma dificílima missão de colocar a casa em ordem".


"Não vamos decepcionar aqueles que depositaram não apenas o voto na urna, mas a esperança em um estado melhor e em um Brasil melhor", disse Witzel.


Ele prometeu tomar medidas administrativas para o corte de despesas e disse que os secretários estão orientados a reduzir os gastos em 30%. Ele afirmou que pretende atrair investimentos públicos e privados no primeiro ano de governo, para melhorar a situação orçamentária, e disse que também fará ações contra a sonegação fiscal.


O governador eleito voltou a dizer que criará um Conselho de Segurança que reunirá órgãos do Executivo e do Judiciário. Esse conselho terá uma Secretaria Executiva que será responsável por dar efetividade a ações acertadas. A secretaria também atuará na transição para que possa ser extinta a Secretaria de Estado de Segurança, proposta defendida por Witzel.


"O modelo de segurança pública não está funcionando. Essa estrutura é esquizofrênica ao processo penal. As polícias têm que trabalhar integradas sem a necessidade de uma outra estrutura, o que torna o processo penal mais lento e por isso a dificuldade que se tem hoje de fazer uma série de ações de políticas públicas para obter a redução dos índices de criminalidade".


Dos 70 deputados estaduais que deveriam ser diplomados hoje, seis não compareceram à cerimônia porque estão presos. André Corrêa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcos Abrahão (Avante) e Marcus Vinicius Neskau (PT) poderão obter o diploma a partir de amanhã (19), por procuração. Eles foram presos em novembro na Operação Furna da Onça, acusados de integrarem esquema de corrupção. O sexto deputado estadual eleito que não pôde tomar posse foi Wanderson Gimenes Alexandre, que é acusado de integrar esquema de arrecadação de vantagens ilícitas na prefeitura de Silva Jardim, na região serrana do Rio.

-------------------------------------------------
agenciabrasilonline
http://agenciabrasil.ebc.com.br/justica/noticia/2018-12/tre-rj-diploma-governador-senadores-e-deputados

Mais Notícias

Delaçãol envolve Garotinho

Estado: sem reajuste há cinco anos, servidores estão com defasagem salarial de 30%

Guedes critica recuos no parecer da reforma: "Podem abortar a nova Previdência"

STF adia votação de ação que pode fixar data-base para reajuste salarial de servidores

Previdência: abono do PIS/Pasep será concedido para quem ganha até R$ 1.300

Telegram é alvo de ciberataque DDoS; usuários do Brasil estão entre mais afetados

Após três casos de meningite e uma morte, presidários de Campos serão transferidos para Itaperuna

Lava Jato não é suscetível de qualquer retrocesso, diz Fachin

Senado faz campanha de combate a notícias falsas

Negócios da China

APROVADA REGULAMENTAÇÃO DE PATINETES ELÉTRICOS

Iphan já iniciou as obras no Asilo do Carmo

Judiciário lança painel de combate a notícias falsas

Supremo deve decidir nesta quinta-feira se servidor pode ter redução de salário

Caixa reduz juros dos financiamentos imobiliários

Tombamento do Canecão pode ser cancelado e casa voltar a sediar shows

Medida faz parte de plano apoiado pela ANP para baixa preço nas bombas e reduzir impacto do combustível no bolso do consumidor

"Clássicos para todos" nesta quarta-feira, no TB

Arquivo Público de Campos está entre os cinco melhores do país

Segunda fase da licitação do transporte alimentador acontece no Trianon

Número de mortes por acidente de trabalho volta a crescer no Brasil após cinco anos

Paulo Feijó é condenado a mais de 12 anos de prisão e terá que usar tornozeleira eletrônica

AGORA É LEI: NOTAS FISCAIS DEVERÃO DISCRIMINAR O VALOR DESTINADO AO FUNDO DE COMBATE À POBREZA

TSE começa a discutir aperfeiçoamento de normas para futuras eleições

Explosão na CSN deixa cerca de 20 funcionários em observação após inalarem poeira tóxica

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas