Logo ASP

Notícias



MP denuncia Cabral e Picciani por lavar propina

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) ajuizou uma ação civil pública por improbidade administrativa, na 4ª Vara de Fazenda Pública, contra o ex-governador Sérgio Cabral (MDB) e o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Alerj), Jorge Picciani (MDB).


A ação pede a indisponibilidade de bens dos dois acusados, além do operador José Augusto Ferreira dos Santos e da Agrobilara Comércio e Participações, empresa de criação de gado da família Picciani. Segundo o MP, durante as investigações da operação Cadeia Velha, a empreiteira Carioca Christiani-Nielsen Engenharia fez acordo de leniência com o Ministério Público Federal, em que revelou detalhes de um esquema de corrupção envolvendo a gestão Cabral e construtoras, através de fraudes em licitações e execuções de obras custeadas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), como a urbanização da comunidade da Rocinha e a construção do Arco Metropolitano e da Linha 4 do Metrô.


Também foram constatadas fraudes nas licitações das obras de reforma do estádio do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014. A empresa teria pago R$ 1 milhão ao então governador, entre 2007 e 2014, através de operações superfaturadas de compra e venda de gado pela Agrobilara.


O MP pede a indisponibilidade de R$ 4 milhões de Cabral e de até R$ 3 milhões de Picciani, de José Augusto e da Agrobilara. 

-------------------------------------------------
folha1
http://www.folha1.com.br/_conteudo/2019/01/politica/1243396-mp-denuncia-cabral-e-picciani-por-lavar-propina.html

Mais Notícias

Justiça decide que Detran pode cobrar taxa para licenciamento de veículos

Prefeitura publica nova data para licitação do Autódromo de Deodoro

Ex-secretário da Casa Civil do Rio, Régis Fichtner é preso pela PF

Velório de Bibi Ferreira no Theatro Municipal será aberto ao público

Termina nesta quinta-feira prazo de inscrição para o Fies

Anvisa proíbe venda de lotes de frango da Perdigão

Vale sabia de riscos em Brumadinho e projetou até número de mortes

Réu na Lava Jato, Collor presta depoimento no STF

Bolsonaro recebe alta e deixa hospital em São Paulo

Vereador em São Francisco de Itabapoana, Jarédio Azevedo é preso em Campos

Juiz Heitor Campinho assume cargo como diretor do Fórum de Campos

Justiça do Rio condena Pezão a perda dos direitos políticos por 5 anos e multa por irregularidades na Saúde

Órgãos de segurança farão hoje vistoria detalhada no Ninho do Urubu

Boechat, um jornalista de estilo próprio marcado pelo humor ácido

“Pretendo convocar 190 servidores aprovados no último concurso”, diz presidente do TJRJ

MPRJ recorre da decisão que livra Estado do Rio da responsabilidade por lotação em unidade prisional em Campos

Multa trabalhista da Prefeitura será revertida para reforma da 146ª DP

Sobe para seis o número de mortos devido ao temporal no Rio

Temperatura média da Terra em 2018 foi a 4ª mais alta já registrada

Veja os 5 carros híbridos mais sustentáveis à venda no Brasil em 2019

Instituto Inhotim, em Brumadinho, vai reabrir no próximo sábado

Corrupção e lavagem de dinheiro. Lula da Silva condenado a 12 anos de prisão

Alcolumbre pede investigação de fraude da eleição da Mesa

Alunos da Firjan Senai Campos participam do projeto Cubes in Space em parceria com NASA

Letalidade policial pode subir com proposta de Moro, apontam especialistas

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas