Logo ASP

Notícias



Reprodução
Murais recordam causas e trajetória de Marielle

Murais recordam causas e trajetória de Marielle

Um ano após o assassinato da vereadora Marielle Franco, ruas e muros pelo mundo perpetuam sua memória. Só de grafites, há ao menos 18 murais em oito países. A repercussão do crime foi imediata na mídia internacional, potencializada pelos protestos fora do Brasil e amplificada por campanhas de ONGs internacionais.


Ao longo de 2018, Marielle foi lembrada em shows de artistas internacionais mais engajados, entre eles Katy Perry, Tom Morello e Roger Waters. Oito dias após a sua morte, o abaixo-assinado pedindo justiça no site justiceformarielle.com já contava com a assinatura de dezenas de personalidades internacionais como a modelo Naomi Campbell, o diretor de cinema Alfonso Cuarón, e a atriz Pamela Anderson.


Quatro dias antes, no dia 18 de março, o artista francês Laurent Jamet, de nome artístico Sept, já havia finalizado um mural com o retrato de Marielle em Paris. Sept ouviu falar de Marielle logo depois da morte dela pela imprensa e conta que sua obra está associado com valores que considera importantes.


— Eu fiquei tocado com o que tinha acontecido e fiquei interessado na vida dela e na mensagem que ela estava defendendo. Eu decidi fazer um tributo na esperança que a mensagem dela atingisse mais pessoas, especialmente na França. A arte urbana deve ser capaz de tocar e informar quem cruza com ela — diz Sept.


Lucia Gonzalez Ippolito, artista que mora em São Francisco, fez uma das homenagens mais tocantes. O Mural “Mulheres da Resistência”, que fica no bairro de Mission, retrata 38 mulheres ativistas e foi feito em colaboração com outras artistas plásticas e foi finalizado em outubro passado.


A artista diz que começou a planejar o mural em junho do ano passado, época em que já havia lido sobre Marielle. Ela acredita que a história de Marielle ganhou visibilidade internacional após os protestos feitos em todo o mundo e por campanhas da Human Rights Watch e da Anistia Internacional.


— Todas as mulheres no mural defenderam comunidades marginalizadas e lutaram por justiça social. Nós escolhemos honrar mulheres que lideraram movimentos de resistência e que dão inspiração nesses tempos sombrios. Obras de arte foram criadas por muitos em memória do legado da Marielle e estão educando aos que não tinham ouvido falar dela - afirmou Lucia.


A paquistanesa Malala Yousafzai, a mais jovem ganhadora de um Prêmio Nobel da Paz, ajudou a pintar um grafite em homenagem à Marielle na comunidade Tavares Bastos, no Catete em julho do ano passado. A peça é um dos murais que surgiram na cidade em homenagem à vereadora desde março. Além dos murais, há registros internacionais de obras sobre tela, peças de design e ilustrações amadoras feitas por pessoas que ficaram tocadas com a vida de Marielle.

-------------------------------------------------
extraonline
https://extra.globo.com/casos-de-policia/marielle-homenageada-em-murais-de-grafite-ao-redor-do-mundo-23521597.html

Mais Notícias

Explosão na CSN deixa cerca de 20 funcionários em observação após inalarem poeira tóxica

Educação faz protesto contra contingenciamento de verbas das federais

WhatsApp tem falha de segurança e hackers instalam programa espião

Secretaria de Saúde orienta população sobre atendimento em casos de chikungunya

Justiça decide que condomínios não podem proibir animais de estimação em casa

Sem acordo para reajuste salarial, servidores de Campos farão greve de 24h

Quase mil cidades podem ter surto de dengue, zika e chikungunya

AGORA É LEI: OBRAS A SEREM REALIZADAS EM RODOVIAS ESTADUAIS DEVERÃO SER DIVULGADAS

Mariana terá R$ 12 mi anuais de mineradoras para saúde e assistência

Prefeitura divulga resultado preliminar da licitação do transporte público

O gestor da Nova Canabrava

Leilão do Jóquei é mantido pela Justiça Federal mas Vila Hípica fica de fora

Em depoimento ao MPF, candidata do PSL confirma que foi \\\'laranja\\\' a pedido de ministro

Prefeitura começa a demolir dois prédios vizinhos aos que desabaram na Muzema

Ação contra Bruno e Wladimir tem parecer

BR-101 terá operação especial nesta Páscoa e expectativa de mais de 515 mil veículos

Ex-presidente do Peru se suicida após receber ordem de prisão no caso Odebrecht

Governo do estado decreta ponto facultativo na véspera do feriado de São Jorge

Aprovação do projeto que liberava porte de armas para deputados e Degase é cancelada

José Maria Marin é banido do futebol e pagará multa de R$ 3,2 milhões

Ao menos duas pessoas morrem e quatro ficam feridas em desabamento de prédios na Muzema

PF faz operação contra esquema criminoso que superfaturava pedágios

AGORA É LEI: ESTADO DO RIO CRIA NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA DE VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO

Depois das enchentes, Crivella libera R$ 86,9 milhões para obras

Empresa desiste de embargo e obras do Palácio da Cultura serão retomadas

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas