Logo ASP

Notícias



Governo federal diz que Prefeitura do Rio deixou de usar recursos do PAC para contenção de...

Gabriel Paiva / Agência O Globo
Deslizamento no Morro da Babilônia, no Leme, deixou três pessoas mortas numa casa

Deslizamento no Morro da Babilônia, no Leme, deixou três pessoas mortas numa casa

BRASÍLIA — O ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou, por meio de nota divulgada nesta terça-feira, que a Prefeitura do Rio tem disponível para realização de contenção de encostas cerca de R$ 110,5 milhões, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas não o utilizou por falta de apresentação de projetos complementares de execução. O montante expira no próximo no dia 30 de junho.


No comunicado, a pasta informou que a Prefeitura do Rio obteve a garantia de R$ 421 milhões em recursos federais em seis contratos do PAC, entre 2010 e 2014. Os R$ 110,5 milhões são parte deste valor. O MDR também divulgou que desde 2017 o município não faz solicitações de recursos federais para contenção de encostas.


Após a temporal que causou destruição na cidade, o prefeito Marcelo Crivella alegou falta de recursos federais e cobrou a promessa de campanha de Jair Bolsonaro de que faria um governo "com menos Brasília e mais Brasil", numa referência de enviar mais verbas para estados e municípios.


O ministério informou que apoia a execução de obras de drenagem urbana e de manejo de águas pluviais, com o objetivo de prevenir alagamentos, inundações e enxurradas. Segundo o governo, o município do Rio, responsável pela obras, possui "oito termos de compromisso ativos, que correspondem a R$ 797,3 milhões em recursos federais e R$ 279,58 milhões de contrapartida municipal."


"Dos oito projetos apresentados, quatro são com recursos do Orçamento Geral da União - três deles estão concluídos e um está paralisado (ampliação da calha e construção de reservatórios no Rio Trapicheiro e no Rio Maracanã). Outros quatro contratos firmados com a Prefeitura são executados por meio de financiamento do FGTS. Destes, dois estão concluídos e dois estão em andamento", informou.


O Desenvolvimento Regional informou que outras quatro propostas — no valor de R$ 501,2 milhões — apresentadas pela Prefeitura estão em análise. Esses projetos não são localizados nas regiões afetadas pelo temporal.

-------------------------------------------------
extraonline
om/noticias/rio/governo-federal-diz-que-prefeitura-do-rio-deixou-de-usar-recursos-do-pac-para-contencao-de-encostas-23587237.html

Mais Notícias

AGORA É LEI: PROGRESSÃO FUNCIONAL DOS SERVIDORES DO JUDICIÁRIO SERÁ A CADA DOIS ANOS

Projeto do MP do Rio regulamenta afastamento de servidor para atuar em sindicato e associação

Reforma da Previdência é promulgada pelo Congresso Nacional

Agora é lei: empregado de órgão público do Rio que atende a população deve usar crachá

Presidente da Ancine é acusado de estelionato e falsidade ideológica

Festival de Vinhos acontece nesse fim de semana no Boulevard Shopping

Itaú Unibanco vai fechar 400 agências até o fim deste ano

Caixa reajusta preços das loterias; aposta mínima da Mega-Sena passará a R$ 4,50

Moro pede que PGR apure citação a Bolsonaro em caso Marielle

Flamengo x River: Chile cancela evento com Trump; tensão sobre final da Libertadores aumenta

Parque de diversões é interditado em Campos

Voos diários serão ampliados no aeroporto de Campos em 2020

AGORA É LEI: LICENÇA DE SERVIDOR QUE TIVER FILHO COM MICROCEFALIA SERÁ AMPLIADA

Torcedor do Flamengo que planejava invasão é preso dentro do Maracanã

Alerj decide soltar cinco deputados estaduais acusados de corrupção

Vazamento de óleo pode ter partido de navio irregular, diz Marinha

AGORA É LEI: CARTÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA É INSTITUÍDO NO RIO

Relógio histórico do Largo da Carioca é restaurado e recupera badalada musical

Governo defende que auxílio-doença do INSS seja pago por empresas; entenda

Juiz Ralph Manhães questiona possível redistribuição dos royalties

Alerj vota no dia 29 projeto sobre progressão funcional de servidores do Judiciário

Campanha de doação de medula mobiliza pessoas na corrida Federal kids

CNJ começa a julgar Glaucenir por áudio sobre Gilmar Mendes

Caso Marielle: Réu criou empresa na região do crime em área da prefeitura...

Pós-Graduação da UENF tem inscrições abertas a partir desta segunda

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas