Logo ASP

Notícias



STF concede liminar e mantém cobrança de consignado para servidores do Estado do Rio

Rosinei Coutinho / STF / 01.07.2020
A liminar foi concedida pelo presidente do STF, Dias Toffoli

A liminar foi concedida pelo presidente do STF, Dias Toffoli

O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu uma liminar e suspendeu os efeitos da lei que impedia a cobrança de parcelas do crédito consignado, por 120 dias, para servidores, aposentados e pensionistas do Estado do Rio. A contestação à Lei estadual 8.842/2020 foi feita pela Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif), que apresentou uma ação direta de inconstitucionalidade. O pedido foi aceito pelo ministro Dias Toffoli, na noite desta quarta-feira (dia 29). Cabe a ele, presidente da Corte, analisar as questões urgentes durante o recesso do Judiciário.


No entendimento da Consif, a lei fere a Constituição Federal, pois caberia à União — e não aos estados — legislar sobre direito civil e política de crédito. A entidade argumenta ainda que o texto infringe o princípio da separação de Poderes e a prerrogativa do Poder Executivo de determinar medidas sobre a organização da administração pública


A Consif reconhece que o Estado do Rio pode alegar que a lei é uma tentativa de garantir a proteção dos consumidores, assunto de competência estadual. Mas alega que decisões anteriores do próprio Supremo já consolidaram o entendimento de que uma lei estadual que trata de relações de consumo não pode legislar sobre direito civil, especialmente sobre relações contratuais (como é o caso de bancos e clientes).


O processo — que continuará tramitando no STF — tem como relator o ministro Ricardo Lewandowski. O governo do estado e a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) ainda deverão se manifestar no processo, bem como a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da República (PGR).


“Sem prejuízo de reanálise pelo eminente Relator, defiro a medida cautelar pleiteada ad referendum do Plenário e suspendo a eficácia da integralidade dos dispositivos da Lei do Estado do Rio de Janeiro nº 8.842, de 21 de maio de 2020, que autorizou o Poder Executivo a suspender pelo prazo de 120 (cento e vinte) dias os descontos das mensalidades dos empréstimos celebrados e de empréstimos consignados”, justificou Toffoli na liminar.

-------------------------------------------------
extraonline
https://extra.globo.com

Mais Notícias

Facebook firma parcerias para portabilidade de dados

Justiça proíbe Águas do Paraíba de emitir conta única somando consumo recente a débitos antigos

Reforma administrativa prevê demissão de servidor por ‘desempenho insuficiente’

GOVERNO FEDERAL AUTORIZA REABERTURA DOS PARQUES NACIONAIS

Combata à Covid-19 em pesquisa da Uenf

PF APREENDE R$ 3,5 MILHÕES NA CASA DE SUSPEITO DE FRAUDAR OS CORREIOS

Servidor do estado que não teve consignado descontado deve regularizar débito diretamente com instituição contratada

OAB-Campos se prepara para o Mês da Advocacia

Campos tem número de óbitos preocupante. Alta já era sentida desde a semana passada

LEILÃO COM DIAMANTES E BARRAS DE OURO DE SÉRGIO CABRAL ARRECADA MAIS DE R$ 4,5 MILHÕES

Desmonte dos hospitais de campanha vai começar por Baixada e Friburgo, prevê o cronograma do governo

Campos recebe doação de EPIs da Petrobras

Índice que reajusta aluguel acumula 9,27% em 12 meses

ESTUDO MOSTRA INEFICÁCIA DE HIDROXICLOROQUINA EM CASOS LEVES A MODERADOS DE COVID-19

Ex-secretário estadual de Saúde do Rio, Edmar Santos vira réu em ação sobre fraudes

Campos recebe royalties com alta, mas valor é o terceiro menos dos dos últimos 16 anos

Juiz de Campos sofre processo administrativo disciplinar por demora na análise de processos

Debate abre nesta terça-feira as comemorações pelos 52 anos do Teatro de Bolso

Walmart Campos será reinaugurado nesta terça sob bandeira BIG

CCZ reforça ações contra o mosquito Aedes aegypti

Plano de saúde: operadora exclui de convênio dependentes acima de 25 anos

Imposto de Renda 2020: declaração poderá ser entregue a partir de 2 de março; confira

Frente fria vai deixar temperaturas mais baixas no carnaval

Vai trabalhar no carnaval? Confira os direitos trabalhistas

Governo do estado estabelece ponto facultativo no carnaval

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas