Logo ASP

Notícias



Justiça proíbe Águas do Paraíba de emitir conta única somando consumo recente a débitos antigos

Silvana Rust

A concessionária Águas do Paraíba, fornecedora do serviço de água e tratamento de esgoto em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, está proibida pela Justiça de emitir faturas que acumulem cobranças pelo consumo do período atual aos débitos antigos, eventualmente negociados e parcelados pelos consumidores.


A decisão é da 2ª Vara Cível da comarca de Campos e atende a pedido do 1º Núcleo Regional de Tutela Coletiva da Defensoria Pública, que há meses recebeu inúmeras reclamações de usuários dos serviços da concessionária e ajuizou ação civil pública para garantir que dívidas passadas sejam cobradas em boleto próprio.


A Justiça ressalvou a possibilidade de cobrança em uma única conta dos valores atuais e pretéritos apenas caso o consumidor aceite tal modalidade, em negociação com a concessionária. Além disso, determinou multa de R$ 100 a Águas da Paraíba, por cada queixa de consumidor, cuja conta de consumo venha, daqui para frente, a ser emitida com a soma do valor relativo ao gasto recente e a débitos passados.


A concessionária chegou a alegar que a junção das contas teria por objetivo evitar “impacto econômico-financeiro”, argumento rejeitado pelo juízo, uma vez que os débitos dos consumidores deverão ser honrados, contanto que em fatura separada.


A decisão judicial destacou ser ilegal a junção dos valores atuais e pretéritos, uma vez que o não pagamento do valor total pode, inclusive, dificultar que o consumidor pague a conta integralmente, ficando sob risco de corte no fornecimento do serviço de água e esgoto, o que apenas é permitido em relação aos valores atuais, isto é, dos últimos três meses.


“A prestadora de serviço tem meios de cobrar pelos débitos pretéritos e não pode embutir na conta de consumo atual tais valores, sob pena de ocorrer o corte do fornecimento de água, caso ocorra o inadimplemento total. A decisão é liminar, mas acata a jurisprudência dos tribunais, o que sinaliza uma forte tendência de ser mantida”, destacou Tiago Abud, defensor público que acompanha o caso.


A proibição de uma só conta com débitos presentes e passados é de fevereiro, mas só agora a Defensoria em Campos foi notificada. Consumidores que tenham sido prejudicados poderão acionar individualmente a concessionária. Águas do Paraíba recorreu da decisão, tendo o pedido de liminar negado. O recurso, porém, ainda aguarda julgamento do mérito.


O Jornal Terceira Via aguarda posicionamento da concessionária sobre o assunto.

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
https://www.jornalterceiravia.com.br

Mais Notícias

Bisneto da princesa Isabel se muda para o Centro do Rio

ALERJ TERÁ GRUPO DE TRABALHO PARA COMBATE À VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE COMEÇA NO DIA 12 DE ABRIL

Bolsonaro anuncia imposto federal zerado para diesel e gás de cozinha

MULTAS E DÉBITOS DOS VEÍCULOS PODEM SER PARCELADOS EM ATÉ 12 VEZES

Agência Brasil explica: como agir após ter dados pessoais vazados

Veja 5 carros que saíram de linha durante a pandemia

Campos começa a vacinar profissionais da saúde contra a Covid-19

Trabalhador que se recusar a tomar vacina ou usar máscara pode ser demitido por justa causa

Eleitor pode justificar ausência no primeiro turno até quinta-feira

IPVA-2021 (RJ): GUIAS PODEM SER IMPRESSAS A PARTIR DESTA TERÇA-FEIRA

BRASIL EXIGIRÁ TESTE NEGATIVO DE COVID-19 PARA QUEM ENTRAR NO PAÍS DE AVIÃO

SALÁRIO MÍNIMO EM 2021 TEM PREVISÃO ALTERADA DE R$ 1.067 PARA R$ 1.088

Reino Unido identifica nova variação do coronavírus que se multiplica mais rapidamente

AGORA É LEI: SERVIDOR TERÁ FOLGA PARA EXAME ...

Por unanimidade, TSE confirma eleição de Wladimir Garotinho...

MINISTÉRIO DA SAÚDE CONFIRMA 1º CASO DE REINFECÇÃO POR COVID-19 NO BRASIL

OMS LANÇA CAMPANHA ANTIFUMO COM A AJUDA DAS REDES SOCIAIS

DETRAN/RJ: VOLTAM VALER PRAZOS PARA RECURSOS DE MULTAS E PROCESSOS DE SUSPENSÃO E CASSAÇÃO DE CNH

Eleição ainda sem um ponto final

MEC: INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR DEVERÃO VOLTAR COM AULAS...

Reino Unido se torna 1º país a autorizar uso da vacina da Pfizer/BioNTech contra covid-19

Eduardo Paes anuncia nova secretária e mais três subprefeitos

Uso de máscaras e isolamento social contra a Covid-19 derrubam casos de ...

TJ-RJ prorroga prazo de adesão ao programa de aposentadoria

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas