Logo ASP

Notícias



Queijos artesanais do estado terão regulamentação e selo arte

Agência Brasil

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quinta-feira (24), em discussão única, o projeto de lei 893/19, do deputado Luiz Paulo (PSDB), que trata da regulamentação da legislação federal sobre a produção e comercialização de queijos artesanais no Estado. A medida determina que os queijos produzidos de forma artesanal no estado tenham o selo com a indicação “arte”, possibilitando a comercialização para outros estados e para o Distrito Federal, além de serem exportados, desde que em conformidade com o previsto na Lei Federal n.º 7.889/89.


A proposta seguirá para o governador em exercício, Cláudio Castro, que tem até 15 dias úteis para sancioná-la ou vetá-la. O objetivo do projeto é valorizar a produção de queijos artesanais do Rio, reconhecendo importância como expressão cultural e de desenvolvimento econômico regional. O texto pretende adequar o processo de fiscalização dos produtos alimentícios de origem animal, permitindo a comercialização interestadual de produtos alimentícios produzidos de forma artesanal, desde que submetidos à fiscalização de órgãos de saúde pública. Estes órgãos de fiscalização devem avaliar se as queijarias atendem à Lei Federal 13.680/18 e ao Decreto Federal 9.918/19, que regulamentam a produção e a manipulação dos queijos artesanais. O Estado deverá identificar as variedades e delimitar as regiões produtoras para certificação dos produtos.


O texto ainda determina que o Poder Executivo apoie o desenvolvimento tecnológico e as pesquisas voltado ao aprimoramento dos processos artesanais; emita o regulamento dos tipos de queijos artesanais; preste assistência técnica e sobre a legislação rural aos produtores, além de apoiar a oferta de financiamentos para melhoria da gestão das queijarias. O Poder Executivo também estará autorizado a celebrar convênios e acordos de cooperação técnica com empresas públicas e com instituições universitárias estaduais que desenvolvam projetos de pesquisa na área agropecuária ou projetos de extensão rural.


A Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Pecuária e Pesca (Seappa) será responsável por coordenar e fiscalizar a norma. A proposta também estabelece uma série de exigências com relação à qualidade da água e do leite utilizados na produção dos queijos. O descumprimento das medidas poderá sujeitar ao infrator inclusive à interdição parcial ou total do estabelecimento.


“É necessário incentivar e sensibilizar os produtores rurais, estabelecer diretrizes para a produção artesanal, promover o desenvolvimento das regiões produtoras, gerar renda no meio rural e garantir a segurança alimentar da população”, afirmou Luiz Paulo.


Assinam como coautores os deputados Lucinha (PSDB), Martha Rocha (PT), Waldeck Carneiro (PT), Carlos Minc (PSB), Mônica Francisco (PSol), Bebeto (Pode) Márcio Pacheco (PSC), Márcio Canella (MDB), Alexandre Freitas (NOVO), Flavio Serafini (PSol), Enfermeira Rejane (PCdoB), Samuel MAlafaia (DEM), Gustavo Tutuca (MDB), Capitão Paulo Teixeira (REP), Eliomar Coelho (PSol), Renata Souza (PSol), Tiago Pampolha (PDT), Dionisio Lins (PP), Val Ceasa (PAtriota) e Carlos Macedo (REP).

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
https://www.jornalterceiravia.com.br

Mais Notícias

Uso de máscaras e isolamento social contra a Covid-19 derrubam casos de ...

TJ-RJ prorroga prazo de adesão ao programa de aposentadoria

Vereador de Campos dos Goytacazes é multado por propaganda antecipada

DETRAN/RJ DESCOBRE BINGO CLANDESTINO QUE FUNCIONAVA EM AUTESCOLA

Juiz Ralph Manhães reúne representantes de candidatos em Campos

Eleições 2020: TSE libera ferramenta para consulta de candidaturas

TRE confirma inelegibilidade de Crivella até 2026; prefeito ainda pode recorrer ao TSE

Petrobras descobre petróleo no pré-sal da Bacia de Campos, no litoral do Rio

Facebook firma parcerias para portabilidade de dados

Justiça proíbe Águas do Paraíba de emitir conta única somando consumo recente a débitos antigos

Reforma administrativa prevê demissão de servidor por ‘desempenho insuficiente’

GOVERNO FEDERAL AUTORIZA REABERTURA DOS PARQUES NACIONAIS

Combata à Covid-19 em pesquisa da Uenf

PF APREENDE R$ 3,5 MILHÕES NA CASA DE SUSPEITO DE FRAUDAR OS CORREIOS

Servidor do estado que não teve consignado descontado deve regularizar débito diretamente com instituição contratada

OAB-Campos se prepara para o Mês da Advocacia

Campos tem número de óbitos preocupante. Alta já era sentida desde a semana passada

LEILÃO COM DIAMANTES E BARRAS DE OURO DE SÉRGIO CABRAL ARRECADA MAIS DE R$ 4,5 MILHÕES

Desmonte dos hospitais de campanha vai começar por Baixada e Friburgo, prevê o cronograma do governo

STF concede liminar e mantém cobrança de consignado para servidores do Estado do Rio

Campos recebe doação de EPIs da Petrobras

Índice que reajusta aluguel acumula 9,27% em 12 meses

ESTUDO MOSTRA INEFICÁCIA DE HIDROXICLOROQUINA EM CASOS LEVES A MODERADOS DE COVID-19

Ex-secretário estadual de Saúde do Rio, Edmar Santos vira réu em ação sobre fraudes

Campos recebe royalties com alta, mas valor é o terceiro menos dos dos últimos 16 anos

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas