Logo ASP

Saúde



Descongestionante nasal: conheça os riscos envolvidos no uso

iStock, Getty Images
É só o frio começar que o descongestionante logo se torna alternativa

É só o frio começar que o descongestionante logo se torna alternativa

A congestão nasal se manifesta mais popularmente a partir de queixas de que o nariz entupido. É o que acontece quando os tecidos nasais e vasos sanguíneos que revestem o interior das narinas se tornam inflamados e inchados.


Para muitos, a melhor aposta de solução é usar um descongestionante nasal. Mas, pelo menos de acordo com artigo publicado na revista Consumer Reports, o mau uso desse produto é capaz de ter consequências indesejáveis.


Ficar com o nariz entupido pode ser a resposta do organismo a várias situações, como fumaça de cigarro, pólen, pelos de animais e resfriados. Mesmo que em alguns casos esteja acompanhada de espirros, a congestão pode resultar em dificuldades para respirar e desconforto.


Justamente por isso, a maioria dos descongestionantes contém o ativo de oximetazolina ou fenilefrina, que fornecem alívio por até 12 horas ou quatro horas, respectivamente. Essas substâncias acionam os receptores nos vasos sanguíneos e abrem as passagens nasais para facilitar a respiração.


Há alívio mais rápido se usados sprays nasais que atuam topicamente no tecido afetado – principalmente se comparados a comprimidos, que demoram a se dissolver pela corrente sanguínea.


O problema é que o produto não afeta apenas o nariz, mas também os vasos sanguíneos. Um dos efeitos possíveis é o aumento da pressão arterial. Uma pesquisa das Universidades de Harvard, Nacional de Cingapura e Boston indica que mulheres grávidas que usam sprays para resfriados aumentam o risco de malformações congênitas em seus bebês.Esse uso excessivo também está ligado a uma condição chamada de rinite medicamentosa. Isso porque o medicamento é capaz de danificar as passagens nasais e causar hemorragias, secura e dores de cabeça. Quando se torna grave, pode causar ainda perda dos sentidos de gosto e cheiro.


Descongestionante nasal pode viciar?


Você já deve ter ouvido falar que é preciso evitar os descongestionantes, já que pode se tornar viciado neles. Isso porque, depois de três ou quatro dias de uso contínuo, os sprays muitas vezes fazem os tecidos nasais incharem novamente, mesmo quando o problema original já passou.


Esse padrão é capaz de se tornar um ciclo vicioso, levando ao uso contínuo, que dura meses ou anos. Justamente por isso, é preciso usar esse produto sempre com recomendação médica, pelo tempo determinado pelo profissional. Se os sintomas não desaparecerem, o mais indicado é buscar outro tipo de tratamento.

-------------------------------------------------
terra.com.br
http://vidaeestilo.terra.com.br/#/area-11

Mais Notícias

Fabricantes de cigarro dos EUA começam a veicular alertas contra o fumo

Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo, alerta OMS

Uma má notícia para os amantes da cafeína

No Dia Mundial da Higienização das Mãos, organizações alertam...

Academia Nacional de Medicina debate saúde dos rins e cirurgia bariátrica

Fiocruz e universidade dos EUA estudam reações graves à vacina da febre amarela

Endocrinologista dá dicas para curtir o carnaval sem exageros

Frutos do mar estão entre os alimentos que mais causam alergias

Especialistas indicam homeopatia para eliminar a ansiedade

Atrizes posam de topless para o Outubro Rosa: ‘Perdi o amor da minha vida para o câncer’, diz Isis Valverde

Campanha para atualizar vacinação de crianças e adolescentes começa dia 19

Paraná lança primeira campanha do país de vacinação contra dengue

Dores nas costas atingem 27 milhões de brasileiros

Teste de alergia traz diagnóstico preciso em 65 minutos

Butantan fecha parceria com os EUA para produção de vacina contra o Zika

Secador de mãos espalha mais micro-organismos que papel

Começa a campanha contra a febre aftosa no Rio de Janeiro

Como evitar que os sintomas da TPM interfiram na vida pessoal e profissional

Veja como funcionam os suplementos para queimar gordura

Excesso de sono durante o dia pode ser sinal de alerta

Academia Nacional de Medicina divulga como os alimentos podem afetar a Saúde Renal

Trauma como doença do século é discutido na Academia Nacional de Medicina

Aspirina é eficaz na prevenção de tumores, sugere pesquisa

Senado dará prioridade ao combate da tríplice epidemia, afirma Renan

Síndrome associada ao zika que provoca paralisia explode no Rio

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas