Logo ASP

Saúde



Fiocruz e universidade dos EUA estudam reações graves à vacina da febre amarela

Os efeitos adversos graves da vacina contra a febre amarela, embora raros, preocupam as autoridades médicas e de pesquisa dentro e fora do Brasil. Para tentar identificar as causas, pesquisadores da Bio-Manguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e da Universidade Rockefeller, dos Estados Unidos, iniciaram uma parceria para estudar fatores individuais para o problema, que pode ter origem genética.


Entre os possíveis efeitos adversos da vacina contra febre amarela, o mais grave é a doença viscerotrópica, que pode causar choque, derrame pleural e abdominal, e falência múltipla dos órgãos.


Segundo o pesquisador Reinaldo de Menezes Martins, consultor científico da Bio-Manguinhos, os efeitos adversos ocorrem em uma a cada 300 mil pessoas vacinadas e a média é de uma morte a cada 10 a 20 casos em que há reação à vacina. Ainda não foram encontrados mutações no vírus da vacina ou problemas ligados à produção que pudessem explicar esses eventos adversos, que segundo ele, devem ter origem genética.


“Essas reações acometem muitas vezes pessoas absolutamente saudáveis. Resta estudar algum fator individual que faz com que certas pessoas sejam sujeitas a esses eventos adversos. Imaginamos que esse fator individual deve ser de natureza genética.”


Caso seja confirmada a relação dos efeitos adversos da vacina a fatores genéticos, será possível desenvolver um kit diagnóstico para evitar que pessoas com predisposição a reações ao produto sejam imunizadas. Segundo Martins, o protocolo para a pesquisa teve os recursos aprovados, mas falta a liberação da verba.


Um estudo já em andamento na Bio-Manguinhos pode levar à fabricação de vacinas contra a febre amarela sem vírus vivo, que poderia reduzir a possibilidade de efeitos adversos, mas o projeto ainda não tem perspectiva de conclusão, de acordo com o pesquisador. “Os estudos são promissores, mas os testes estão sendo feitos ainda em animais e não temos perspectivas de tê-la pronta nos próximos anos.”

-------------------------------------------------
jbonline
http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2017/04/18/fiocruz-e-universidade-dos-eua-estudam-reacoes-graves-a-vacina-da-febre-amarela/

Mais Notícias

Fabricantes de cigarro dos EUA começam a veicular alertas contra o fumo

Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo, alerta OMS

Uma má notícia para os amantes da cafeína

No Dia Mundial da Higienização das Mãos, organizações alertam...

Academia Nacional de Medicina debate saúde dos rins e cirurgia bariátrica

Endocrinologista dá dicas para curtir o carnaval sem exageros

Frutos do mar estão entre os alimentos que mais causam alergias

Especialistas indicam homeopatia para eliminar a ansiedade

Atrizes posam de topless para o Outubro Rosa: ‘Perdi o amor da minha vida para o câncer’, diz Isis Valverde

Campanha para atualizar vacinação de crianças e adolescentes começa dia 19

Paraná lança primeira campanha do país de vacinação contra dengue

Dores nas costas atingem 27 milhões de brasileiros

Teste de alergia traz diagnóstico preciso em 65 minutos

Butantan fecha parceria com os EUA para produção de vacina contra o Zika

Secador de mãos espalha mais micro-organismos que papel

Começa a campanha contra a febre aftosa no Rio de Janeiro

Como evitar que os sintomas da TPM interfiram na vida pessoal e profissional

Veja como funcionam os suplementos para queimar gordura

Excesso de sono durante o dia pode ser sinal de alerta

Academia Nacional de Medicina divulga como os alimentos podem afetar a Saúde Renal

Trauma como doença do século é discutido na Academia Nacional de Medicina

Descongestionante nasal: conheça os riscos envolvidos no uso

Aspirina é eficaz na prevenção de tumores, sugere pesquisa

Senado dará prioridade ao combate da tríplice epidemia, afirma Renan

Síndrome associada ao zika que provoca paralisia explode no Rio

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas